Em dois anos PM aumenta em mais de 400% prisões no centro

Fonte: Tarobá News

O movimento de pessoas no centro de Londrina atrai a atenção dos comerciantes, que esperam melhorar as vendas. Um dos motivos do consumidor ter voltado a procurar as lojas de rua, pode ser o aumento na sensação de segurança.

O capitão Marcos Tordoro, comandante da 2ª CIA da PM em Londrina, explica que a queda nos crimes, é o reflexo do forte policiamento na região central, que desde 2016 também ganhou o reforço das equipes em bikes. Segundo ele, de lá pra cá, houve uma redução de 53% no número de roubos e furtos no centro, por outro lado o número de prisões por crimes de tráfico e uso de drogas na região, aumentou 442% no mesmo período.

A polícia orienta, que no caso de alguma situação suspeita, o primeiro passo é ligar para o 190, em seguida os comerciantes usam outra arma, que também tem ajudado a combater o crime, eles criaram um grupo de Whattsapp para repassar imagens de suspeitos e outras situações para os PMS.

A população que frequenta a região central também tem papel importante para manter essa sensação de segurança.

Enquanto a polícia garante a segurança no centro, os comerciantes garantem um bom negócio para o cliente que pode fazer suas compras com muito mais tranquilidade.

O movimento de pessoas no centro de Londrina atrai a atenção dos comerciantes, que esperam melhorar as vendas. Um dos motivos do consumidor ter voltado a procurar as lojas de rua, pode ser o aumento na sensação de segurança.

O capitão Marcos Tordoro, comandante da 2ª CIA da PM em Londrina, explica que a queda nos crimes, é o reflexo do forte policiamento na região central, que desde 2016 também ganhou o reforço das equipes em bikes. Segundo ele, de lá pra cá, houve uma redução de 53% no número de roubos e furtos no centro, por outro lado o número de prisões por crimes de tráfico e uso de drogas na região, aumentou 442% no mesmo período.

A polícia orienta, que no caso de alguma situação suspeita, o primeiro passo é ligar para o 190, em seguida os comerciantes usam outra arma, que também tem ajudado a combater o crime, eles criaram um grupo de Whattsapp para repassar imagens de suspeitos e outras situações para os PMS.

A população que frequenta a região central também tem papel importante para manter essa sensação de segurança.

Enquanto a polícia garante a segurança no centro, os comerciantes garantem um bom negócio para o cliente que pode fazer suas compras com muito mais tranquilidade.