Ritmo de entrada no cadastro de inadimplentes caiu 15,74% no primeiro trimestre em Londrina

Fonte: Faciap - Bonde 

­O Sistema de Proteção ao Crédito (SPC), gerenciado em Londrina pela Associação Comercial e Empresarial de Londrina (ACIL), registrou queda de 20,13% em março no número de consumidores que ingressou na lista de inadimplentes do cadastro, o maior índice do ano até agora. A forte retração marcou o primeiro trimestre, com queda acumulada em 2017 de 15,74% em relação aos três primeiros meses do ano passado.

“Como é possível constatar que a redução da inadimplência é significativamente superior à queda sentida pelos lojistas em suas vendas, a explicação para este resultado é encontrada em uma maior disciplina orçamentária por parte das famílias”, avalia Marcos Rambalducci, consultor econômico da associação. “Isso é um dado positivo, animador num horizonte de médio prazo para o comércio”.

Já o balanço do número de exclusões do cadastro mostra um movimento inversamente proporcional, com os percentuais de redução cada vez menores. Em março, foi de 10,09%, bem inferior aos 25,05% de janeiro. No acumulado do trimestre, a queda foi de 16% em relação a 2016. O movimento da “porta de saída” à caminho da estagnação mostra que a recuperação econômica ainda não é “robusta”, afirma Rambalducci.