Conversa com o presidente

278
14 de Agosto de 2020

De olho no pedágio

Olá, amigos! Como vocês estão?

Nós continuamos com o radar ligado nas questões importantes para Londrina. Uma delas é a concessão dos pedágios no Paraná.

Temos hoje seis lotes de concessões pelas estradas do estado, cobrindo 2.500 quilômetros. Não é novidade que fomos prejudicados nas últimas duas décadas. Além da tarifa cara, o pedágio não trouxe obras para Londrina. Pior, nossas rodovias continuam ruins. Por causa delas, estamos perdendo investimentos.

Os contratos atuais vão vencer no ano que vem, quando novas licitações serão realizadas para contemplar 3.800 quilômetros pelos próximos 30 anos. Os pedágios precisam deixar de ser um problema para trazer benefícios concretos. Não vamos sofrer por mais três décadas. 

Por isso, estamos organizados para reivindicar soluções e garantir a duplicação integral de nossas estradas para Curitiba e São Paulo. Criamos a Frente de Estudos dos Pedágios, reunindo entidades da sociedade civil organizada, representantes políticos e do poder público. Vamos acompanhar todo o processo de licitação e garantir o atendimento das demandas essenciais da região. Como não há tempo a perder, a primeira reunião está marcada para os próximos dias.

Londrina precisa de boas estradas para fazer valer sua posição estratégica, atraindo empresas, gerando desenvolvimento, proporcionando o escoamento da produção e reduzindo o risco de acidentes.

Quem acompanha nossos trabalhos junto à Comissão de Infraestrutura ou ao Núcleo de Desenvolvimento Empresarial sabe como cada quilômetro de rodovia é duplicado após muita insistência e trabalho.

Vamos acompanhar os estudos, propor soluções, cobrar resultados e exigir o que é melhor para a nossa cidade. Desta vez, a história será diferente.

Até a semana que vem!

Fernando Moraes, presidente da ACIL.

 

Frase da semana: “Sonhos determinam o que você quer. A ação determina o que você conquista” - Aldo Novak, escritor brasileiro.

Histórico

Selecione um ano e um mês: