Conversa com o presidente

6
01 de Outubro de 2014

É TEMPO DE DECIDIR

Está chegando o momento da decisão. No próximo domingo, vamos escolher nossos governantes e representantes legislativos para os próximos anos. Antes de votar, faça uma reflexão sobre o papel exercido por cada um dos cargos em disputa. 

Presidente. É a autoridade máxima do País. Terá a missão de conduzir a nação pelos períodos turbulentos que se avizinham. Já estamos em recessão técnica. Temos baixos índices de crescimento e preocupantes taxas de inflação. Não conseguiremos avançar em políticas públicas se o Governo Federal não criar as condições para o desenvolvimento econômico. O progresso social está diretamente ligado ao ganho em produtividade. O novo presidente, seja quem for, terá de unir a sociedade e criar um ambiente favorável ao desenvolvimento, com segurança jurídica, austeridade administrativa e liberdades públicas. 

Governador. O maior desafio do próximo governador será equalizar o desenvolvimento regional, com melhorias de infraestrutura e atração de investidores para a industrialização do interior. O que vale para o País vale também para o Estado: os aspectos sociais e econômicos do desenvolvimento são inseparáveis. A população não terá uma vida melhor sem o aumento da competitividade empresarial. 

Senador. A função do senador é representar o Estado perante a Federação. Com mandato de oito anos, esse representante tem papel fundamental na garantia das instituições e da democracia. Com uma tradição milenar, que vem da República Romana, o senador deve, ao mesmo tempo, atuar com legislador e estadista. Visão de longo prazo, autonomia intelectual e capacidade de diálogo são condições indispensáveis para o cargo. 

Deputado federal. Londrina precisa ter um número de deputados compatíveis com a importância da cidade e da região. Por isso, ao escolher seu representante na Câmara dos Deputados, busque um candidato comprometido com a cidade. Assim, ele poderá ser o interlocutor das nossas demandas junto ao poder federal. Do contrário, Londrina continuará sendo esquecida na divisão do pacto federativo. E as grandes reformas necessárias ao País – tributária, política, trabalhista – deixarão de ter a participação direta de nossa comunidade. 

Deputado estadual. O mesmo vale para escolher os nossos representantes na Assembleia Legislativa: prefira um candidato ligado à região de Londrina e consciente dos nossos problemas e demandas. Precisamos de deputados que sejam porta-vozes de Londrina junto aos poderes constituídos. Os de fora, como já dissemos, não estão nem aí. 

Até a próxima,
Valter Luiz Orsi

Histórico

Selecione um ano e um mês: