Conversa com o presidente

131
28 de Julho de 2017

Por uma sociedade civil mais organizada

A ACIL nunca se deixou seduzir pela ideia de que o poder público é a única instância para solução dos problemas coletivos.

Londrina é uma cidade originalmente pensada e constituída sob a orientação da iniciativa privada. Mais que na maioria dos lugares que eu conheço, há dentro de nós um sentimento firme por autonomia e independência dos governos.  Talvez esteja neste mesmo sentimento a chave do nosso ritmo de desenvolvimento, tão acelerado por décadas a fio.

Na próxima terça-feira (1º), daremos mais um passo na direção da pro-atividade, uma característica que não queremos perder. A ACIL e as entidades parceiras vão assinar a criação do Fundo Empresarial de Apoio a Projetos Estratégicos de Londrina e Região, que nada mais é que a sistematização dos auxílios contumazes que as entidades signatárias prestam às demandas por qualidade de vida na cidade.

Para ficar mais claro nossos objetivos, fazem parte da primeira etapa de atividades que serão financiadas, quatro projetos de grande impacto para a população: fortalecimento/integração dos polos gastronômico e cultural do Centro; a constituição do bureau de assessoria e incentivo à adesão do empresariado à Lei Rouanet, a nomeação de um ombudsman da sociedade civil para acompanhar a rotina da Sala do Empreendedor, na Prefeitura, e o Planejamento do Ecossistema de Inovação de Londrina.

Que seja o início de uma história transformadora e que seja também mais um exemplo positivo que Londrina oferece ao Brasil.

Até a próxima,

Claudio Tedeschi

“A ocasião faz o furto; o ladrão nasce feito”.

Machado de Assis (1839-1908), escritor

Histórico

Selecione um ano e um mês: