22/10/2018 08:37:36 PR terá injeção de R$ 12,5 bilhões com pagamento do 13º salário

Fonte: Folha de Londrina

O pagamento do 13º salário vai injetar R$ 211,2 bilhões na economia brasileira até dezembro. O valor representa cerca de 3% do PIB (Produto Interno Bruto) do País. A economia paranaense deve receber cerca de R$ 12,5 bilhões, em torno de 2,9% do PIB estadual. 

As estimativas do Dieese (Departamento Intersindical de Estatística e Estudos Socioeconômicos) apontam um rendimento adicional de R$ 2.320, com fonte na Rais (Relação Anual de Informações Sociais) e do Caged (Cadastro Geral de Empregados e Desempregados), do Ministério do Trabalho. Dos R$ 211,2 bilhões pagos, os empregados do mercado formal ficarão com 66%, ou R$ 139,4 bilhões. Os aposentados e pensionistas receberão R$ 71,8 bilhões, ou 34%. 

A professora de economia Maria Eduvirge Marandola, especialista em educação financeira, aconselha que o trabalhador priorize o pagamento de dívidas. As taxas de juros de cartões de créditos, cheque especial e crediários de lojas são maiores do que as aplicações financeiras e poupança. "Ela (trabalhador) teria uma relativa economia quitando as dívidas, em vez de aplicar o dinheiro. Com dinheiro na mão a pessoa consegue condições vantajosas", disse a professora. 

De acordo com a Peic (Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor), apurada pela CNC (Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo) e divulgada pela Fecomércio PR (Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Paraná), o percentual de famílias endividadas no Paraná está estável. Em setembro foi de 89,4%, praticamente o mesmo observado em agosto (89,1%). 

Em relação a setembro do ano passado, a parcela de famílias com dívidas também se manteve estável (89,6%). O percentual de famílias com contas em atraso baixou de 29,5% em agosto para 27,5% em setembro e o Paraná figura na 12ª posição nacional neste aspecto. 

A estimativa setorial do Dieese é que os Serviços (incluindo administração pública) ficarão com 59,3% do total destinado ao mercado formal paranaense; os empregados da Indústria receberão 20,3%; o Comércio 15,2%; aos que trabalham na Construção Civil será pago o correspondente a 3,0%; e aos trabalhadores da Agropecuária caberão 2,2%. 

COMPRAS 

O 13º salário deve movimentar o comércio. Kleleia Komar, 34, que trabalha com marketing visual, pretende comprar uma motocicleta. "Tenho dinheiro guardado e com o 13º vou comprar uma Bis. Sempre uso 13º para luxos como viagens", disse Komar. 

Já o cozinheiro Anderson Sanches, 30, normalmente utiliza o rendimento adicional para pagamento de contas, mas este ano ainda não decidiu o que fazer com o dinheiro. 

A especialista em finanças ensina que o consumidor que adquirir um bem à vista deve negociar os descontos e fugir de dívidas altas e longas. "A questão do emprego ainda é nevrálgica e se a pessoa não estiver endividada, em caso de desemprego, não sentirá tanto a pressão no próximo ano", comentou. 

INVESTIMENTO 

Outra opção para quem não está inadimplente ou endividado é reservar o valor para as contas de começo de ano como IPTU, IPVA, matrícula e material escolar. A servidora pública Cláudia Neves separa o dinheiro para o pagamento de IPVA e, caso sobre algum valor, ela aplica na poupança. Este tipo de investimento também será o destino do 13º do gerente de loja de telefonia celular Durval Salto Lessi Neto, 32. "Vai direto para a poupança. Guardo tudo",disse. 

Além da caderneta de poupança, o Tesouro Selic (títulos públicos) também é um bom investimento. A aplicação é remunerada pela taxa de juros, que está em 6,5% ao ano. "A perspectiva para 2019 é que a Selic suba. É um investimento que você pode tirar a qualquer momento e acessível. Você já pode investir a partir de R$ 98", explicou Gabriel Vansolini Soldado, sócio e assessor de investimentos da Bravus (escritório credenciado da XP Investimentos). 

A rentabilidade do Tesouro Selic tem se mostrado melhor do que a poupança. Segundo levantamento feito pela Bravus, de agosto de 2008 a agosto de 2018, o rendimento da poupança foi de 99%, enquanto que o dos títulos públicos, em média, foi de 172%. 

O investidor que pode abrir mão de prazos pode apostar em Tesouro IPCA + 2035 ou + 2045. "Para quem quer criar a rotina de investimento também pode investir em previdência privada. Acredito que até novembro teremos boas opções de renda fixa e ações também",comentou Soldado. 

Para a professora de economia é importante fazer o gerenciamento do orçamento da família com um olhar mais atento ao médio e longo prazo para que a pessoa possa investir com tranquilidade.