28/06/2017 07:47:34 12 dicas para pequenas empresas dadas por empresários de sucesso

Fonte: Bob Software

Nascer é sempre um parto. Vir ao mundo, ou abrir uma empresa (em nossa linguagem), requer um grande esforço. O fenômeno da dilatação ou do corte ocorre, evidentemente, por meio de um processo doloroso que visa um bem maior.

Mas, como sabemos, os desafios não param no nascimento, pelo contrário, só começam com ele. A cada etapa surgem novas “montanhas” e, consequentemente, novos medos…

Lembra-se de como foi dar os primeiros passos? As pernas ainda bambas, os movimentos lentos, a falta de direção e, enfim, o medo de cair. Na realidade de um empreendedor não é diferente.

Começar um negócio exige sempre muita coragem e esforço. Naturalmente, os primeiros passos também são os mais difíceis, tímidos e inseguros. Porém, como já são, na verdade, bem “crescidinhos”, eles precisam ser inteligentes e recorrer a ferramentas que sirvam de apoio estratégico à sua atuação, como o Planejamento. Ok, ele pode não resolver tudo e não impedir algumas “quedas”, mas que reduz os riscos, ah, isso reduz!

Observar pessoas e negócios de sucesso ajuda a gente a aprender lições e tirar alguns exemplos. Você pode pensar: “Ah, mas são grandes companhias e o que eu tenho ainda é bem pequeno negócio!”. Oras, mas qualquer empresa grande teve de começar pequena, não? Então, sua história, suas estratégias e ensinamentos servem para nos dar alguns direcionamentos sim e modelarmos os comportamentos de pessoas de sucesso.

Ah, e diga-se de passagem que a questão do Planejamento sempre está envolvida nesses casos bem-sucedidos. Veja você mesmo, entre outras dicas, o que defende os 12 grandes empresários a seguir:

1. Caito Maia, da Chilli Beans: “Mantenha-se próximo à base” – Para ele, um empreendedor não pode distanciar-se do balcão. Como afirma: “Quanto mais eu toco no micro, o macro fica monstruoso”;

2. Guilherme Paulus, da CVC: “Esteja sempre preparado” – Embora considere o Planejamento essencial para o sucesso, ele pondera que nem sempre é possível prever tudo o que acontecerá. Nesse caso, então, é necessário estar preparado para lidar com o inesperado;

3. Carla Sarni, da Sorridents: “Identifique problemas potenciais” – Segundo ela é importante que o empreendedor consiga enxergar em quais setores ele pode perder o controle para, a partir daí, travar a operação a tempo;

4. Romero Rodrigues, do Buscapé: “Não tenha medo de errar” – Em sua visão os bons resultados surgem do Planejamento, da ousadia e até mesmo dos erros cometidos;

5. Ricardo Garrido da Companhia Tradicional de Comércio: “Invista em treinamento” – Ele e seus sócios investem bem no treinamento de seus garçons, os quais consideram como os maiores agentes de marketing à disposição do negócio;

6. Isael Pinto, da General Brands: “Evite sistemas de crédito” – O empresário conta que sempre reinvestiu o lucro ou usou as próprias economias para fazer seu negócio caminhar. Em sua opinião, as pequenas empresas devem seguir o mesmo caminho antes de recorrer às linhas tradicionais de crédito ou ao apoio monetário de fundos de investimento;

7. José Efromovich, da Avianca: “Aprenda com o caminhar” – Com um início improvável no ramo da aviação, José Efromovich conta que cometeu muitos erros nessa área, mas que não desistiu;

8. Bruno Caravati, da Fisk: “Reaja à concorrência” – Para ele a concorrência obriga a empresa a aprimorar o trabalho. “Tem de ter alguém nos seus calcanhares para que você seja sempre melhor”, afirma;

9. Miguel Krigsner, do Grupo O Boticário: “Não misture família com negócios” – Seu sócio é o cunhado, e para manter as relações familiares e profissionais saudáveis, eles mantem o pacto de não falar sobre a empresa nos almoços de domingo;

10. Jae Ho Lee, do Grupo Ornatus: “Observe seu público-alvo” – Com empresas de acessórios e alimentação no portfólio, o empresário vê na mulher o ponto de encontro das suas marcas;

11. Lindolfo Martin, da Multicoisas: “Teste primeiro” – Para quem pretende transformar sua marca em franquia, ele aconselha testar antes a realidade do franqueado;

12. Robinson Shiba, da TrendFoods: “Mantenha um bom relacionamento” – Como um dos destaque do sucesso de seu grupo, ele cita o relacionamento com os franqueados, afirmando: “Eu gosto de gente”.