13/11/2014 00:00:00 A vitrine a um clique do consumidor - Conheça o Portal Cidade na Vitrine

Por Vinícius Bersi


A pesquisa é uma das principais recomendações para os consumidores que querem acertar na compra. Sem pesquisa fica difícil encontrar o produto que melhor atende às necessidades do comprador. O problema é que nem sempre dispomos do tempo necessário para visitar mais de uma loja antes de comprar o produto desejado.


Considerando a falta de tempo e o crescimento das relações fornecedor-comprador pela Internet, a ACIL trabalha há um ano no projeto Cidade na Vitrine, um portal na Web que, como o próprio nome sugere, pretende ser uma vitrine da cidade. No site, o consumidor consegue verificar quais lojas oferecem os produtos de interesse, que podem variar de uma roupa que precisa ser comprada na última hora para uma festa de fim de semana até itens de uso doméstico como papel higiênico. A variedade de produtos é proporcional ao número de lojas participantes.


Antes de sair de casa para ir até ao estabelecimento, o consumidor fica sabendo que produto vai encontrar. O site disponibiliza informações sobre os caminhos para chegar às lojas, se há estacionamento e quais linhas de ônibus dão acesso aos estabelecimentos. As lojas também podem usar o espaço para divulgar campanhas e promoções. A proposta é que a página na Internet seja uma extensão da vitrine física.


As empresas que já têm uma plataforma de e-commerce podem vincular a página eletrônica de vendas ao Cidade na Vitrine. O consumidor, além de fazer a pesquisa, realiza a compra pela Internet e espera o produto em casa. O site ainda está numa fase de testes e já conta com a participação de 24 lojistas que oferecem mais 4043 produtos e serviços. “O portal atende a missão da entidade que é dar mais competitividade às empresas de Londrina. Com o projeto a cidade ocupa uma posição de vanguarda Em nenhuma outra cidade do País há essa integração”, garante o superintendente da ACIL, Diego Rigon Menão.


Durante os testes, a ACIL identificou algumas limitações dos lojistas – em especial, dos pequenos empresários que não podem contratar um profissional ou uma equipe para cuidar especificamente do Marketing Digital – ao disponibilizar conteúdo no site. As dificuldades aparecem principalmente no tratamento das fotos, que precisam de produção e pós-produção específicas para a Web. Para atender esse público a entidade, que já realiza cursos e eventos da área, como a Semana do Empreendedor Digital, vai oferecer gratuitamente, em parceria com o Movimento Startup Londrina, uma série de oficinas com o objetivo de capacitar empresários e empregados para administrar o espaço online. As oficinas que serão realizadas ainda este mês vão abordar aspectos técnicos do uso da ferramenta e gestão da loja virtual.


De olho na geração App


A Associação Comercial também desenvolveu o aplicativo ACIL. Uma versão do Cidade na Vitrine com a todas as funções e recursos do site para os dispositivos móveis como smartphones e tablets. Da mesma forma que o site, o aplicativo vai ser um meio para conduzir o cliente da loja virtual à loja física mas também vai poder fazer o caminho contrário, atraindo clientes que tiveram contato com a vitrine da loja para o ambiente virtual. A versão app também garante uma presença maior do Cidade na Vitrine na vida dos internautas. Durante a Semana do Empreendedor Digital, realizada pela ACIL no mês passado, o gerente de parcerias estratégicas do Google Brasil, mostrou que 21% dos brasileiros usam a Internet exclusivamente pelo celular e 40% de todas as buscas realizadas no Google já são feitas a partir de dispositivos móveis.


QR Code


Cada estabelecimento participante vai ter na própria vitrine um QR Code, um código parecido com um código de barras. O cliente que passar por uma loja e se interessar pela vitrine vai poder fazer uma fotografia do código. O aplicativo lê a imagem e conduz o internauta direto à página da loja no Cidade na Vitrine. A ideia é que o cliente que estiver de passagem e se interessar pela loja, consiga depois explorar as ofertas do estabelecimento pelo app.


O aplicativo já está pronto e até fim deste mêsvai estar disponível na Play Store para download na versão Android. Até fevereiro o aplicativo também será disponibilizado na Apple Store para dispositivos que operam no sistema iOS.


Mapa do consumo


A médio prazo, o Cidade na Vitrine vai ser usado como uma ferramenta de pesquisa. A ACIL vai ter condições de verificar quais produtos têm mais procura e quais lojas o cliente mais visita. A expectativa é que a ferramenta dê uma descrição do comportamento do consumidor e sirva de base para a elaboração de estratégias comerciais e de marketing. “Vai ser um grande mecanismo para entender a interação das pessoas com as empresas, entender quais são os produtos mais procurados, os horários de procura e as empresas que se posicionam melhor”, frisa o superintendente da ACIL.


Serviço


Empresários interessados em colocar a própria loja no Cidade na Vitrine e em participar das oficinas gratuitas sobre gestão da loja virtual devem telefonar para 3374-3011 ou 3374-3082. As oficinas e o espaço no portal são gratuitos para associados da ACIL. O endereço eletrônico é o www.cidadenavitrine.com.br.