14/11/2014 00:00:00 ACIL repudia racismo

Fonte: Carta publicada no JL

A regra número um do comércio é atender bem a todos, sem distinção de raça, religião, sexo ou classe social. Quando há discriminação, nenhuma atividade empresarial tem futuro. A Acil vê com preocupação os casos de discriminação racial no varejo de Londrina, apontados na reportagem de capa do JL desta quinta-feira (13 de novembro). Solicitamos ao professor Cláudio Galdino informações sobre os dados e a metodologia do trabalho escolar realizado com alunos da rede pública. Conforme diz a reportagem, o trabalho ainda não foi concluído. Se houver casos comprovados de discriminação racial em nosso comércio, será preciso advertir e orientar adequadamente as pessoas envolvidas, sejam funcionários ou lojistas. Mesmo que ocorra em casos isolados, o racismo não deve ser tolerado de forma alguma na nossa comunidade.

Valter Luiz Orsi, presidente da Acil