22/07/2020 13:04:03 Artigo: Reabertura com responsabilidade

Fonte: ACIL para Folha de Londrina

A reabertura das Praças de Alimentação dos shoppings foi uma decisão importante da Prefeitura de Londrina, pois os restaurantes e lanchonetes estavam de portas fechadas desde março, ou seja, há quatro meses, aproximadamente.

Sabemos que, no meio do caminho, muitos encerraram definitivamente as atividades. Não é fácil aguentar tanto tempo. Os sobreviventes, porém, podem retomar a batalha contra os prejuízos.

Por ser um ambiente controlado, os shoppings têm condições de retomar o atendimento das Praças de Alimentação com toda a segurança. É momento de ser responsável e fazer jus à abertura, seguindo à risca todas as recomendações para conter a pandemia. Não podemos ser flexíveis neste ponto. Agradecemos à prefeitura pela medida, mas temos a obrigação de prezar pela segurança dos consumidores e colaboradores.

Se, no início da pandemia, fomos tomados pelo desespero, agora aprendemos a viver um dia de cada vez, atentos às mudanças de cenário e lamentando profundamente as mortes que ocorreram.

O comércio ainda trabalha em horário restrito - de segunda a sexta das 10h às 16h -, seguindo os protocolos de segurança. Nos shoppings, os horários também são estreitos: de segunda a sexta, das 11h às 19h. Não é o ideal, mas ao menos existem condições de lutar pelo sustento e pela manutenção de empregos.

Também entendemos como acertada a decisão de proibir o funcionamento das conveniências em postos de gasolina após 22 horas. Muita gente estava se aglomerando para consumir bebidas alcoólicas, situação que não condiz com a gravidade da pandemia. Cabe ao Executivo ser duro quando irresponsabilidades ocorrem.

Entre as boas notícias, certamente a efetivação de leitos no Hospital Universitário merece destaque, uma vez que o HU é a nossa linha de frente mais importante no combate ao novo coronavírus. Foram abertos 57 novos leitos dedicados ao tratamento da Covid-19, sendo 32 de UTI e 25 de enfermaria.

A efetivação dos leitos vem ocorrendo em etapas. O hospital é uma referência e atende a muitas cidades, além de Londrina e região. Cada leito conquistado é um passo a mais para nossa segurança. Temos consciência de que, com os novos leitos, são necessários mais profissionais e mais equipamentos, todos fundamentais nesta imensa batalha pela vida e pela saúde.

Ainda acreditamos que o cenário em breve vai favorecer um horário de comércio mais condizente com a nova realidade, oferecendo alternativa para que as pessoas façam suas compras antes de voltar para casa, no fim do dia. O horário reduzido significa menos tempo para comprar e, por consequência, facilita a aglomeração.

Por isso a abertura de sábado, quando os bancos não funcionam, poderia ser uma solução para quem não consegue fazer compras durante a semana. Muita gente trabalha no mesmo horário do comércio e não tem como comprar produtos essenciais. O funcionamento aos sábados teria esse benefício, além de diluir o movimento durante a semana.

Tudo tem seu tempo. A estratégia de combate à pandemia vem se demonstrando eficiente, pois uma grande parcela da população segue as regras básicas para combater a contaminação, usando a máscara e o álcool gel. Felizmente, a grande maioria vem se mostrando responsável.

A pandemia provocada pelo novo coronavírus é um desafio inédito. Mas estamos aprendendo a vencê-lo com responsabilidade, coerência e muito trabalho.

Fernando Moraes, presidente da ACIL.