10/10/2017 12:31:31 Começa a capacitação da 21ª turma do Bom Negócio

Fonte: Assessoria ACIL

Começou no último dia 9 a capacitação da 21ª turma do programa Bom Negócio – a última deste ano. O programa é gratuito e tem o intuito de capacitar micro e pequenos empresários e empreendedores nas áreas Gestão de Negócio, Gestão Comercial, Gestão Financeira, Gestão de Pessoas e Gestão Estratégica, além de promover troca de experiência e conhecimento entre os participantes, consultoria gratuita e orientação sobre crédito.

A analista de Negócios da ACIL, Valéria Sitta, contou que a cada edição a procura pelo programa tem ficado mais intensa. “As quatro turmas que tivemos, contando com essa, todas nós realizamos com o número máximo de participantes e isso é muito gratificante para nós porque é reflexo do resultado que o Bom Negócio tem gerado”, diz. “É um ganho importante para as empresas que querem se atualizar, seja ela pequena ou grande, se está a bastante tempo no mercado ou se entrou agora no mundo dos negócios. É um curso muito prático e com muita riqueza de conteúdo. Através dele diversas pessoas mudaram a forma de administrar suas empresas e conseguiram colocá-la no eixo e impor controles necessários a ela”, completa.

Segundo Valéria Sitta, os participantes sempre estão animados para aprender e abertos a melhorar suas empresas. “Todo esse engajamento que as pessoas têm em participar é motivador para nós também. Ser geradora de conhecimento é uma das grandes missões da ACIL, e quando atingimos esse propósito sabemos que o resultado final será muito importante para cada uma dessas empresas".

O programa é uma realização da ACIL, em parceria com a UEL e a Fomento Paraná, e possibilita aquecer a economia local através de empréstimos a juros mais baixos.

Para quem passa pela capacitação oferecida pelo Bom Negócio, a Fomento Paraná oferece  crédito subsidiado, com juros de 1,26 a 1,67% ao mês e carência de até três meses para o início do pagamento. Sem a capacitação, os juros variam de 1,41% a 1,81% ao mês. O recurso pode ser usado para investimento fixo (obras, móveis, utensílios, instalações, aquisição de máquinas e equipamentos), capital de giro ou investimento misto.

A primeira turma do programa foi inaugurada em novembro de 2011 e hoje já está em sua 21ª edição, sendo quatro turmas capacitadas somente em 2017.  Um próximo grupo deve ser iniciado no primeiro trimestre de 2018.

Galeria de Fotos