28/02/2020 15:11:13 Conversa com o presidente: Combater a dengue é dever de todos

Gente, agora é oficial. Londrina passa por uma epidemia de dengue. O momento é grave, com vidas em risco. O mosquito está nos quintais, no fundo de empresas, em terrenos baldios, multiplicando-se e aumentando diariamente o número de pessoas doentes.

Devemos fazer agora o que não fizemos antes: prevenir. Não perca tempo! Vasculhe o seu quintal, a sua horta, o telhado da sua casa, a laje da garagem, os canteiros da área comum dos prédios, os vasos de flores. O mosquito é nosso inimigo e está em todos os lugares. Qualquer quantidade de água parada pode virar um criadouro. Mesmo uma tampinha de refrigerante.

Fique de olho nos sintomas, especialmente se tiver febre alta de uma hora para outra, com dores musculares e ao movimentar os olhos. Manchas na pele e náuseas também podem ser um indício. 

Nem sempre a gente consegue reconhecer a dengue. Às vezes ela pode ser confundida com uma gripe comum. É aí que mora o perigo. O diagnóstico tardio pode complicar a situação de quem está doente.

As ações preventivas não devem ser tomadas apenas agora, nos meses chuvosos de verão, quando o mosquito se espalha rapidamente. Devemos cuidar constantemente, inclusive no inverno, para evitar que outra infestação venha aterrorizar o verão do ano que vem.

Então vamos fechar as caixas d’água, colocar areia nos pratinhos de água dos vasos, recolher do quintal qualquer objeto que possa acumular água, fechar bem as lixeiras, limpar as calhas. Eu sei, são conselhos conhecidos, mas também fundamentais. E, se fossem seguidos, nossa situação estaria bem melhor. Leve a sério e mantenha esses hábitos mesmo depois que a epidemia passar, pois os ovos do mosquito podem sobreviver por até um ano.

Não adianta a gente passar os dias correndo atrás dos negócios e descuidar da higiene e da saúde. Ainda temos muito o que fazer para desenvolver a cidade e garantir uma qualidade de vida cada vez melhor. Não vamos permitir que um mosquito e um vírus ameacem nosso futuro. Combater é uma obrigação de todos. Mãos à obra!

Até a semana que vem.

Fernando Moraes

Frase da semana:
“A maioria das pessoas gasta mais tempo e energia ao falar dos problemas do que a enfrentá-los” - Henry Ford (1863-1947), empresário americano.