17/09/2014 00:00:00 CONVERSA COM O PRESIDENTE - Nem mais, nem menos, nem mais ou menos

Dias atrás um amigo citou a frase que ouviu de um antigo chefe: “Comigo não é mais, nem menos, nem mais ou menos”. Que bom seria se o mesmo princípio norteasse todas as nossas ações – nas empresas, nas famílias, nas entidades e no setor público.


Com muita vontade de fazer acontecer em nossa cidade, já temos conseguido avanços. Um exemplo recente foi a operação da CMTU para retirar do Calçadão os vendedores ambulantes em situação irregular. Em poucos dias, a Avenida Paraná passou por uma transformação positiva. Bom para os pedestres e os lojistas. Bom para a cidade. Nem mais, nem menos, nem mais ou menos.

Outra ação importante foi criar uma força-tarefa – unindo ACIL, empresários, órgãos fiscalizadores, forças de segurança e Poder Judiciário – para coibir a instalação das feiras itinerantes na cidade. Essas feiras sem-lei nada trazem de bom para a cidade. Felizmente, a Justiça já se mostrou contrária à realização de tais eventos em Londrina. Estamos de olho para impedir que novas feiras sem-lei aconteçam.

Nas últimas semanas, foi uma grande alegria ver o sucesso de promoções do comércio local: Dia da Sergipe e o Liquida Saul.  Na Sergipe, a festa do sábado movimentou uma das nossas mais tradicionais e queridas ruas de comércio, com atrações culturais e sociais. Na Saul Elkind, os comerciantes aqueceram as vendas com promoções especiais.


Para completar, os meninos do Conjove ACIL fizeram na semana passada o Feirão do Imposto, campanha em prol da reforma tributária. Queremos uma política de impostos justa: nem mais, nem menos, nem mais ou menos!


Por todos esses motivos, pedimos a você, associado, que fale aos seus amigos e colegas sobre as atividades da ACIL e as vantagens de pertencer à entidade. Se cada um de nós conseguisse trazer para a ACIL novos associados, seríamos muito mais fortes e juntos faríamos muito mais por Londrina.


Até a próxima,
Valter Luiz Orsi