12/02/2016 00:00:00 Conversa com o presidente: desfile de boa gestão

Mesmo que você não seja apreciador do Carnaval, deve admitir que uma escola de samba é um empreendimento encantador ao menos no modelo de gestão.

Não se pode desprezar a capacidade empreendedora de uma gente capaz de oferecer um espetáculo tão grandioso, superado em beleza anos após ano.

Pense comigo: o quanto de planejamento, energia e liderança são exigidos dos gestores nestes desfiles que unem milhares de pessoas e nos quais pequenos deslizes são lamentados como uma tragédia?

Não basta que todos os carros alegóricos estejam perfeitos, as fantasias bonitas, que os segredos tenham se mantido invioláveis. Mesmo que o samba esteja na ponta da língua, é preciso muito mais.

Esta, aliás, é a qualidade que mais me comove: o controle daquela multidão tão desigual, com estrangeiros, brasileiros de todos os estados e moradores da comunidade.

A gestão bem feita forma – sem ensaios! – um conjunto coeso e vibrante. Sem dúvida, uma grande façanha.

É um belo exemplo de cooperação, trabalho coletivo e de excelência, que orgulha o País e que deve ser encarado como uma verdadeira lição para o mundo empresarial.

Até a próxima,

Valter Luiz Orsi