19/02/2012 00:00:00 coocepeve e cmtu entram em acordo

A Cooperativa dos Profissionais de Reciclagem de Londrina (Coocepeve) terá até o dia 10 de março para providenciar a documentação exigida pela Companhia Municipal de Trânsito e Urbanização (CMTU).

A papelada é exigência da prefeitura para assinatura do contrato de coleta do lixo reciclável em 37 mil residências de Londrina. Em função disso, a CMTU adiará o prazo final definido no edital de licitação aberto recentemente pela Companhia (previsto para o dia 27 de Fevereiro) com o objetivo de terceirizar parte dos serviços da coleta seletiva na cidade.

A decisão saiu da reunião intermediada pela Câmara Municipal de Londrina na última sexta-feira (17). A presidente da Coocepeve, Sandra Araújo, afirmou que entregará a documentação no prazo à CMTU e garantirá o emprego de 160 catadores.