02/06/2015 00:00:00 Doação de sangue: minutos que salvam vidas

Fonte: Assessorias CML e ACIL
Fotos: Josoé de Carvalho/ACIL

A importância de mostrar à população a necessidade de doações regulares de sangue foi destacada por todos que participaram da abertura oficial da 1ª Quinzena Municipal de Conscientização à Doação de Sangue. A cerimônia aconteceu na Câmara Municipal de Londrina, nesta segunda-feira, com a presença de vereadores, promotores e parceiros do evento. Criada pela lei municipal 12.037/2014, por iniciativa do vereador Tio Douglas (PTB), a Quinzena deve ser realizada anualmente, nas duas primeiras semanas do mês de junho.


Hoje (terça-feira), lideranças do Conselho da Mulher da ACIL e de outras entidades participantes da campanha fizeram uma panfletagem no Calçadão de Londrina, divulgando informações sobre o valor dessa atitude simples, que leva apenas alguns minutos e pode salvar vidas. “O sangue é um símbolo da união e da entidade entre os seres humanos”, disse a presidente do CME/ACIL, Marisol Chiesa. “Doar sangue regularmente é um ato de cidadania e amor ao próximo.”  


O diretor do Centro de Hematologia e Hemoterapia do Paraná (Rede Hemepar), Paulo Hatschbach, definiu este como um momento histórico para Londrina. “Pela magnitude do evento e pela relevância da iniciativa, temos muito a comemorar”, disse, lembrando que em 2015 o Hemepar completa 30 anos de criação e atualmente atende mais de 380 hospitais no Paraná.


Fausto Trigo, diretor do Hemocentro Regional de Londrina, afirmou que a grande missão é prover sangue a 100% dos pacientes atendidos pelo Sistema Único de Saúde (SUS) nos hospitais da cidade e municípios compreendidos na 17ª Regional de Saúde. Atualmente o Hemocentro Regional, que fica ao lado do HU, coleta mensalmente 1.200 bolsas de sangue. “A meta é aumentar a coleta em duas a três vezes, chegando a até 3 mil bolsas de sangue por mês”, ressaltou o hematologista.

Segundo Trigo, para atender uma população estimada em um milhão de habitantes na região, existem aproximadamente 1.600 leitos do SUS, dos quais somente 50% são atendidos pelo sangue colhido na rede Hemepar, mantida pelo governo do Estado. “Queremos mudar este cenário, daí a importância da participação firme da sociedade”, destacou, lembrando que apenas 1,8% da população brasileira doa sangue, de acordo com dados da Organização Mundial da Saúde (OMS). O médico ressaltou que se cada um doasse sangue no mês do aniversário, todos os anos, estaria assegurado o abastecimento contínuo dos estoques do Hemocentro, evitando as tão comuns crises de escassez.

O vereador Tio Douglas, autor da lei que criou a Quinzena Municipal de Conscientização à Doação de Sangue, confessou que ficou surpreso ao receber o apoio de tantas instituições e de tantas pessoas. “Não imaginava que tantos iriam aderir à ideia. Foi muito gratificante ver que a cada reunião contávamos com mais participantes.” O vereador explicou que a data da Quinzena foi escolhida de forma a englobar o Dia Mundial do Doador de Sangue, celebrado pela OMS desde 2004 em 14 de junho. “Doar sangue é um ato de amor que pode salvar vidas. Me sinto honrado em ser o autor desta lei.”

Também participaram da abertura oficial da Quinzena, entre outras autoridades, a secretária municipal de Saúde em exercício, Andressa Fiorio Zocoler e a reitora da Universidade Estadual de Londrina (UEL), Berenice Quinzani Jordão. A cerimônia contou ainda com a presença das Embaixadoras da Solidariedade da BPW Londrina, uma das parceiras da iniciativa, juntamente com universidades, entidades do Sistema S (Sest/Senat, Senai, Sesi, Senac e Sesc), Sercomtel, Conselho da Mulher Empresária e ACIL. A 1ª Quinzena Municipal de Conscientização à Doação de Sangue é promovida pelo Governo do Paraná por meio do Hemocentro Regional de Londrina, com apoio da Prefeitura de Londrina e da Câmara de Vereadores.

Para os próximos dias estão programadas várias ações envolvendo a comunidade, como um espetáculo teatral na Praça Nishinomya e blitze educativas. A programação completa e outras informações estão disponíveis na internet, no endereço http://www1.cml.pr.gov.br/cml/site/quinzena/site/index.html


Mais informações sobre este assunto com o vereador Tio Douglas fones (43) 3374-1380 e 9996-7731 e com o diretor médico do Hemocentro, Fausto Trigo, fones (43) 3371-2468 e 9952-5177.