13/01/2021 11:33:42 Empresa do interior de SP apresenta proposta para revitalizar o Bosque Central

Fonte: Folha de Londrina

Uma construtora de Pedrinhas Paulista, no interior de São Paulo, foi a única a apresentar uma proposta para a revitalização do Bosque Central de Londrina “Marechal Cândido Rondon”. A abertura do envelope aconteceu na manhã desta quarta-feira (13).  

Segundo a Diretoria de Licitações da Prefeitura Municipal, a proposta feita pela San Pio Construtora foi no valor de R$ 2. 519.888,36. A licitação é na modalidade Tomada de Preços e estabelecia um preço máximo de R$ 2.545.328,55. 

Com a proposta em mãos, uma equipe técnica da Secretaria de Obras e Pavimentação fará a análise de todos os itens e nos próximos dias o resultado de classificação será publicado oficialmente no site da Prefeitura.  

O fato de ter sido uma proposta única, o prazo de cinco dias úteis para recurso é suspenso e o próximo passo será a abertura dos envelopes de habilitação. Nessa etapa, a empresa interessada apresenta todos os atestados e documentos que serão novamente avaliados pela Secretaria de Obras e Pavimentação para então, apresentá-la como vencedora do certame.  

De acordo com o setor de Licitações, todo esse processo durará cerca de 20 dias e a expectativa para assinatura da ordem de serviço ficará para meados de fevereiro.

O projeto de revitalização do Bosque Central foi desenvolvido pelo Ippul (Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina) e prevê aumento da iluminação central e nos caminhos, instalação de placas informativas, elevação dos cruzamentos da rua Piauí com avenida Rio de Janeiro e São Paulo para garantir a preferência dos pedestres, reforma da quadra poliesportiva, instalação de equipamentos para lazer e atividade física e uma mini praça.   

A licitação do Bosque Central já havia ocorrido em novembro, mas foi deserta. O mesmo aconteceu com o processo para recape da rua da Canoagem. De acordo com o secretário municipal de Gestão Pública, Fábio Cavazotti, “os projetos foram avaliados, assim como os orçamentos, e concluímos que esses editais foram prejudicados por terem sido lançados em um período de recesso, que é o final do ano. Optamos por republicá-los sem alterações, dando nova oportunidade para que os interessados compareçam e concorram.”