03/10/2019 15:32:40 Empresas participam ativamente na geração de conteúdo no Lidere

Fonte: Assessoria ACIL

O Lidere 2019 é uma realização relacionada tanto com a capacidade da ACIL de mobilizar a cidade em torno de uma ideia e quanto da aptidão dos londrinenses de abraçar grandes desafios. “Um encontro empresarial deste porte só se consolida em uma região com uma sociedade civil atuante e que sabe cumprir seu papel e sabe onde deseja chegar”, resume o presidente da ACIL, Fernando Moraes. “As empresas estão cada vez mais integradas à estrutura e construindo os alicerces para o crescimento constante do encontro”, avalia o líder associativista.

Para o superintendente Rodrigo Geara, a valorização do conhecimento permeia toda a atuação das principais entidades londrinenses no atual contexto de grandes transformações no mundo empresarial, o que facilita a articulação de parcerias.

Um exemplo é a participação ativa do Sebrae na programação. Desde o primeiro Lidere, em 2017, a entidade ligada aos pequenos empreendedores não hesitou em arregaçar as mangas e contribuir para que o projeto alcançasse seu propósito.

O Sebrae aprimorou a Rodada de Negócios e ajudou a fortalecer as Trilhas de Conteúdo. “É um tipo de trabalho que o Sebrae faz com muita competência , o que se traduz em efetividade. Os participantes serão aqueles empreendedores que estão com o senso de oportunidade ativado”, avalia Geara.

A competividade no universo das pequenas empresas, ilustrada com depoimentos de empreendedores que renovaram seu modelo de negócio a partir da busca pela inovação, será a temática da trilha deste ano.

A área de comunicação é outro bom exemplo desta união de forças que dá vigor e amplia o conteúdo do Lidere. Espontaneamente, veículos como a Rádio CBN, a TV Tarobá, a RIC TV e a Rede Massa enxergaram a importância do evento e se tornaram amplificadores do conteúdo que circula no Villa Planalto.  “Percebemos na nossa rotina que após as duas primeiras edições mais empresas entenderam a dimensão de estar no Lidere e como ele é importante para o desenvolvimento da região. Com isso, querem dar sua cota de contribuição de modo mais efetivo e mostrar que também se preocupam com a melhoria do ambiente de negócios”, afirma Claudia Pechin, gerente de mercado. 

No caso da comunicação, as emissoras aproveitam a concentração de grandes pensadores com entrevistas ao longo da programação e ajudam o público a entender que Londrina é capaz de realizar hoje um encontro empresarial que antes era visto apenas em grandes centros. “Todos ganham: as emissoras que acessam um conteúdo de qualidade; o público, que consome informação de alto nível; o Lidere, que fortalece a marca, e a cidade que desperta para a importância da cultura empreendedora”, afirma Geara.