02/04/2015 00:00:00 Exportações superam importações em US$ 458 mi

Fonte: Folha de Londrina

As exportações superaram as importações em US$ 458 milhões em março, informou ontem Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior (MDIC). Foi o primeiro saldo positivo mensal do ano. As exportações caíram 16,8% em comparação com março do ano passado, somando US$ 16,9 bilhões no mês. A queda nas exportações não teve grande impacto no saldo da balança porque as importações encolheram de forma ainda mais expressiva, em função do dólar elevado. 

As importações totalizaram US$ 16,5 bilhões, após queda de 18,5% em comparação com março anterior. No ano, o saldo comercial está negativo em US$ 5,5 bilhões. É o segundo pior desempenho para um primeiro trimestre desde 1980, início da série estatística do MDIC. No mesmo período do ano passado, houve deficit recorde, de US$ 6,1 bilhões. 

EXPORTAÇÃO


A queda no preço de produtos básicos, como minério de ferro, soja em grão e petróleo bruto, que têm participação importante na pauta de exportação brasileira, justifica em grande parte a queda no valor das vendas do País. O Brasil exportou US$ 18,4 bilhões de produtos básicos de janeiro a março, 21% menos do que no primeiro trimestre de 2014. Apesar de o Brasil ter ampliado em 10,5% o volume de minério de ferro vendido para outros países, o preço do produto caiu pela metade, derrubando em 45,5% o valor do produto exportado no trimestre, em comparação com mesmo período do ano anterior. 

No caso do petróleo, a quantidade exportada aumentou 87,8%. Mas, como o preço também tombou quase pela metade, o valor exportado caiu 5,8%. No caso dos produtos industrializados, as exportações brasileiras caíram 6,5%, somando US$ 23,2 bilhões neste trimestre. 

IMPORTAÇÃO


De janeiro a março, na comparação com o mesmo período do ano passado, houve queda de 26,5% nas importações de combustíveis e lubrificantes, de 11,5% de bens de consumo, de 11% de bens de capital (máquinas e equipamentos) e 10% de matérias-primas.