05/08/2015 00:00:00 Inadimplência teve alta de 6,8% em julho, aponta ACIL

Fonte: Assessoria ACIL

O segundo semestre começa com aumento de inadimplência de 6,8%. Esse foi o índice registrado pelo SPC ACIL no mês de julho, em comparação com o mesmo período do ano passado. Em relação ao número de consumidores que pagaram suas dívidas, houve uma  pequena melhora de 0,63% na comparação com julho de 2014. Os dados se referem especificamente a Londrina.

O primeiro semestre se encerrou com uma média de alta na inadimplência de 6,5%, em comparação com os seis primeiros meses de 2014. Em relação ao número de consumidores que limparam seus nomes, houve uma queda de 4%.

Segundo o professor Marcos Rambalducci, consultor econômico da ACIL, os resultados apresentados pelo SPC confirmam uma volta à normalidade na tendência de alta da inadimplência nos primeiros meses do ano. “Ficou claro que alta de 25,15% na inadimplência em junho foi um ponto fora da curva”, assinala Rambalducci.

Os números do primeiro semestre e de julho confirmam a situação de instabilidade da economia. “É o resultado evidente da crise: elevação do número de pessoas com restrição de crédito, tanto pelas inclusões no cadastro de inadimplentes quanto pela diminuição do número de consumidores que saíram da lista”, comenta o professor.

Total de Inclusões

2015 x 2014
Média Acumulada %

Janeiro     -9,74%

Fevereiro12,18%

Março    15,24%

Abril        -2,94%

Maio         4,38%

Junho     25,15%

Julho      -6,80%

Total de Exclusões 

2015 x 2014
Média Acumulada %

Janeiro  -13,47%

Fevereiro11,23%

Março       2,41%

Abril        -5,75%

Maio       -4,06%

Junho       7,98%

Julho        0,63%