09/01/2019 09:32:57 Investir com inteligência

Por Claudemir Scalone - Lidere 2018 - ACIL

O londrinense Cesar Paiva foi uma das últimas atrações do Palco Gestão  do LIDERE 2018.  O sócio-fundador e gestor da Real Investor, criada em 2008 em Londrina, abordou o tema “Investimento inteligente – Desafios e oportunidades no mercado de capitais”.

Inspirado no americano Warren Buffet, um dos maiores investidores do mundo, Paiva citou o guru ao longo de sua palestra. Buffet fez fortuna ao investir em boas empresas a preços atrativos e ficou conhecido como o “Oráculo de Omaha” (cidade de 500 mil habitantes do estado de Nebraska) devido à tática de “comprar príncipes pelo preço de sapos”. Aproveitando-se da crise americana, Buffet amealhou mais de US$ 100 bilhões, de acordo com o gestor da Real Investor.

“Achei que poderia  replicar aqui (em Londrina) o mesmo”, contou Paiva. “Se tivesse 1% de retorno, já seria um fracassado com um pouco de sucesso”, brincou.

O gestor fez questão de falar de seu orgulho em criar a primeira e maior gestora independente do Norte do Paraná. “Estamos gerindo hoje R$ 400 milhões. Acumulamos um ganho de 682,7% em 9 anos, bem superior ao Ibovespa e ao CDI.”

Graças a essa performance, Paiva ganhou de uma revista a alcunha de o “Oráculo de Londrina” devido às semelhanças com o seu guru Buffet, que criou um fundo de ações numa cidade média e longe do agito dos grandes centros financeiros  dos Estados Unidos (tal qual a cidade norte-paranaense).

Entre 420 fundos, a Real está melhor do que 98%. O Guia Exame de Fundos de Investimentos considerou o fundo londrinense como o terceiro melhor do País, em 2017.

Paiva orienta ao investidor que o mais importante é o resultado de longo prazo. Por isso, ao investir, é preciso aprender a avaliar um ativo e se a empresa é boa ou não. Além disso, é essencial raciocinar sobre o preço se vale ou não à pena.

 

É o que ele chama de “value investing”, ou seja, investir em boas empresas a preços atrativos.

O gestor alerta que não se deve investir em qualquer empresa em qualquer momento. O principal na hora de investir é saber se o preço é atrativo. Paiva orienta ao investidor que o mais importante é o resultado de longo prazo.

Além disso, o investidor deve estar atento ao seu interesse que é diferente do banco, da corretora e das empresas. Como exemplo, citou o caso da petroleira OGX de Eike Batista, que mesmo tendo selo da Ibovespa deu um calote de R$ 45 milhões em seus credores em 2013.

No encerramento, Paiva comentou sobre o cenário eleitoral e o efeito da alta do dólar e da queda das bolsas e a perspectiva de um segundo turno entre os candidatos à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) – “o preferido pelo mercado” – e Fernando Haddad (PT). “O investidor pode ganhar dinheiro nos dois cenários, mesmo com uma gestão temerosa”, afirmou, sobre a volatilidade do mercado financeiro.