02/01/2019 11:41:40 Ippul e Cultura tentam revitalizar espaço histórico do Calçadão

Fonte: Paiquerê AM

O Instituto de Pesquisa e Planejamento Urbano de Londrina (Ippul) e a Secretaria Municipal de Cultura protocolaram junto à Secretaria de Estado da Cultura as diretrizes do Projeto de Restauração do Calçadão, no trecho específico entre as avenidas Rio de Janeiro e Minas Gerais, incluindo a Praça Willie Davids. Tombado pelo Conselho Estadual do Patrimônio Histórico e Artístico Cultural do Paraná,o espaço contempla o entorno do Teatro Ouro Verde, um dos ícones da história de Londrina.

Segundo a Prefeitura de Londrina, a proposta é recuperar o trecho do Calçadão em 2019, preservando elementos originais que já são a marca registrada em Londrina. De acordo com a diretora de Patrimônio Artístico e Histórico-Cultural da Secretaria Municipal de Cultura, Solange Batigliana, ao menos neste espaço tombado, haverá a preservação do piso em petit-pavé em preto e branco, além das luminárias em formato de araucária.

Diretora de Projetos do Ippul, Camila Silva de Oliveira, afirmou que o projeto segue as recomendações da Coordenadoria de Patrimônio Cultural do Estado, que irá avaliar a proposta recebida. O projeto original do Calçadão de Londrina foi elaborado em 1977 pelo arquiteto e urbanista Jaime Lerner, que se inspirou na rua das Flores de Curitiba. Também projetada por Lerner em 1972, a rua das Flores foi a primeira via exclusivamente de pedestres no Brasil.

O Calçadão de Londrina era parte do projeto Novo Centro, em que Lerner pensou o centro da cidade como um território de grande vitalidade, com espaços que estimulassem a convivência, o comércio, as manifestações populares e artísticas, e a mobilidade do pedestre.