05/02/2020 08:45:02 Janeiro de 2020 aponta queda no número de consumidores na inadimplência

Fonte: Assessoria ACIL

O indicador do Sistema de Proteção ao Crédito da Associação Comercial e Industrial de Londrina (SPC/ACIL) apontou que no primeiro mês de 2020 houve queda de 15,7% no número de consumidores que se tornaram inadimplentes, quando comparado com o mesmo período do ano passado.

Os dados referentes a janeiro deste ano mostram que 64,7% de consumidores conseguiram quitar as suas dívidas e 35,3% permanecem negativadas - por terem tido dificuldades em negociar ou quitar dívidas pendentes.

Porém, a taxa de pessoas que se tornaram inadimplentes e não conseguiram limpar o seu nome, para o período anual (12 meses - fevereiro/19 | janeiro/20) está em 32,35%. O que sinaliza uma queda significativa da inadimplência em Londrina nos dois últimos anos, já que em comparação com o mesmo período de 2019, em relação ao ano de 2018, essa taxa era de 40,74%.

O professor de Economia da Universidade Estadual de Londrina, Azenil Staviski, ressalta que a queda da taxa anualizada, embora seja positiva, só alcançará o ideal quando houver uma inversão entre o número de pessoas que entram e o número de pessoas que saem do cadastro do SPC, o que faria cair o estoque da inadimplência.

No entanto, isso depende de muitos fatores. Entre eles, a melhora da economia, o nível de geração de empregos, a melhoria de renda e principalmente a educação financeira das famílias, para que a gestão do orçamento familiar ou pessoal atinja um equilíbrio mais sustentável.