17/07/2015 00:00:00 Licitação do Arco Leste deve sair em setembro

Fonte: Jornal de Londrina

Quatorze meses depois da assinatura do convênio entre a Prefeitura de Londrina e a Caixa Econômica Federal (CEF) para a construção do Arco Leste, a obra ainda não foi licitada. A previsão era de que o certame fosse realizado até o fim do ano passado, mas isso não se cumpriu porque o projeto final ainda está para ser aprovado pela CEF. E esta aprovação só ocorrerá depois que o Município negociar a desapropriação das áreas necessárias. A expectativa agora é de que a concorrência pública seja aberta em setembro.

A obra, considerada estratégica para a cidade, deve custar R$ 17,8 milhões. Com uma extensão de 17 quilômetros, deverá fazer a ligação entre as rodovias PR-445, na altura da Avenida Waldemar Spranger, e BR-369, na altura da Central de Abastecimento (Ceasa), passando pelo aeroporto, pelo Hospital Universitário (HU) e pela Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR).

Os recursos para o Arco Leste são do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) 2. A contrapartida do Município é de 5% do valor da obra, o que equivale a R$ 850 mil.

Atraso

Do ponto de vista de engenharia, a Secretaria Municipal de Obras disse considerar que o projeto está adiantado, dada a complexidade dele. Já sob a perspectiva política, a administração municipal não cumpriu o que prometeu até agora. Em nota divulgada em maio do ano passado, o Núcleo de Comunicação da Prefeitura (N.Com) afirmou que a licitação para contratar a construtora ocorreria até o fim de 2014 e as obras deveriam estar prontas até 2016. O texto foi divulgado na época da cerimônia na qual a Prefeitura assinou o convênio com a CEF.

De acordo com o secretário municipal de Obras, Walmir Matos, “todos os projetos executivos estão prontos” para a análise da CEF. Ele disse ter a expectativa de abrir o processo licitatório para contratar a empresa que vai executar a obra até setembro deste ano. Depois de licitada, haverá prazo de 12 meses para a entrega.

O secretário municipal de Gestão Pública, Rogério Dias, afirmou que o procedimento de desapropriação das áreas por onde passa o Arco Leste é rápido. Segundo ele, a desapropriação poderá ser feita com recursos municipais, estaduais ou federais.

Importância

De acordo com o secretário de Obras, o Arco Leste tem relevância semelhante às avenidas Dez de Dezembro e Leste Oeste. “É a obra [viária] mais importante desde a construção da Dez de Dezembro e da Leste Oeste”, avaliou. “O projeto criará para a zona leste um enorme corredor de tráfego e propiciará um desenvolvimento muito grande para a região.”

Matos acrescentou que o Arco Leste é uma das prioridades da sua gestão como secretário e que a meta é concluir a obra em 2016. “Vai impactar de forma importante para a cidade.”

Detalhes

Traçado da obra

O traçado do Arco Leste sai da PR-445, na altura da Avenida Waldemar Spranger, passa por trás da barragem do Lago Igapó, atravessa as avenidas Duque de Caxias e Dez de Dezembro, segue pelas proximidades do Parque Arthur Thomas, da pista do aeroporto, da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR) e da Estrada dos Pioneiros até chegar à BR-369, na altura da Central de Abastecimento (Ceasa), na saída para Ibiporã.

Parte do Arco Leste é formada por ruas e avenidas já existentes, mas a Prefeitura terá de abrir e pavimentar novas vias. Estão previstas duas travessias de fundo de vale e uma ponte dupla. Um dos fundos de vale a ser transposto é o do Córrego Tucanos, atrás da barragem do Lago Igapó, ligando a Avenida Waldemar Spranger à Rua Albânia. O outro é o do Ribeirão Cambé, perto do Parque Arthur Thomas. A ponte é sobre uma ferrovia, próximo à Estrada dos Pioneiros.

Ponto a ponto

- Sai da rodovia PR-445 e entra na Avenida Waldemar Spranger;

- Passa sobre o fundo de vale do Córrego dos Tucanos, atravessa a Rua Bélgica, sai na Rua Albânia e passa pela Rua Portugal, atravessando a Avenida Duque de Caxias até chegar à Avenida Dez de Dezembro;

- Atravessa a Avenida Dez de Dezembro, passa pelos fundos do Parque Arthur Thomas e vai pela Avenida das Américas até a Estrada do Limoeiro;

- Contorna a pista do aeroporto e atravessa a Avenida Robert Koch;

- Segue pela Rua Nereu Mendes e pela Avenida Máximo Peres Garcia até a Avenida Jamil Scaff;

- Vai pela Avenida Jamil Scaff até a Estrada dos Pioneiro, passa pela UTFPR e sobre um trecho da ferrovia até sair na BR-369, na altura do Ceasa.