29/04/2015 00:00:00 Londrina ganha hospital de alta complexidade

Fonte: Assessoria de Imprensa

A diretoria do Hospital do Coração de Londrina apresenta, na manhã desta quarta-feira, 29, a sua nova unidade de atendimento de alta complexidade. Trata-se do Hospital do Coração – Unidade Bela Suíça.

Construído dentro de modernos conceitos para atender ao público infantil, o complexo contará com 76 leitos, 9 deles de UTI pediátrica e 5 de UTI neonatal. Com área construída de 6.500 metros quadrados, oferecerá, inicialmente, 150 empregos diretos e 150 indiretos. O corpo clínico somará aproximadamente 100 médicos especialistas.

O investimento total em obras e equipamentos, uma parceria entre a PH7 Investimentos e o Hospital do Coração, totaliza R$ 21,5 milhões. O início das atividades da nova unidade está previsto para junho.

“Ao longo de nossa experiência na área hospitalar, constatamos que há muita demanda para a alta complexidade na área infantil. Por isso, resolvemos expandir os nossos serviços para também atendermos a esse público”, explica o diretor do Hospital do Coração, Gualter Pinheiro Júnior. De acordo com a Sociedade Brasileira de Pediatria (SBP), no Paraná faltam aproximadamente 180 leitos de UTI neonatal.

Além de toda a estrutura arquitetônica voltada para oferecer conforto e bem-estar a pacientes e acompanhantes, as obras do novo hospital foram executadas dentro de conceitos que respeitam o meio ambiente e também o entorno de onde está instalado, observando também todas as mais recentes normativas técnicas de órgãos reguladores.

Uma ciclovia de 2 km, no canteiro da Avenida Adhemar de Barros, foi toda revitalizada e sinalizada pelos empreendedores. Além disso, houve a doação para o município de Londrina de 1.015 mudas de árvores, todas com altura mínima de 1,80 metro.

A localização do Hospital do Coração - Unidade Bela Suíça também será muito importante para a população. Na Avenida Adhemar de Barros, 1199, permite acesso rápido por várias vias duplicadas da Zona Sul, como Harry Prochet, Waldemar Spranger, Higienópolis e a PR 445.

Expansão continua

A Unidade Bela Suíça entra em atividades já em expansão. A segunda fase de obras, que dará ao complexo uma metragem total construída de 13.400 metros quadrados, tem previsão de término em 18 meses. Após o término de toda a obra, o investimento chegará a R$ 55 milhões. Os empregos diretos chegarão a 400 e os leitos a 160.

Antes disso, em julho de 2015, será concluído um ambulatório de especialidades com 600 metros quadrados.