07/08/2014 00:00:00 Prefeitura "reserva" mais 20 mil metros quadrados para Aeroporto de Londrina

Fonte: Portal Bonde

A Prefeitura de Londrina declarou de utilidade pública na terça-feira (5) 20 mil metros quadrados de dois lotes localizados na ala norte do Aeroporto de Londrina para aumento da faixa de segurança e ampliação do terminal. 

Segundo o responsável pelo processo de desapropriações no aeroporto e economista do Instituto de Desenvolvimento de Londrina (Codel), Rubens Bento, o município optou pela declaração de utilidade pública da área ao invés da fileira de 35 casas no Jardim Albatroz. "A desapropriação das residências ficaria bem mais cara do que a parte destes terrenos rurais", explicou. 

No local, a Infraero tem projetos para aumentar o terminal de passageiros e ainda construir um pátio para aeronaves de grande porte. Bento lembrou que com os 20 mil metros quadrados, o município "reserva" o espaço necessário para a desapropriação da faixa norte do Aeroporto de Londrina. A prefeitura já havia declarado de utilidade pública a área que será utilizada para instalação do ILS. No lado sul, o processo de desapropriação foi concluído no ano passado. 

Para concluir as desapropriações no aeroporto, a Codel fez o pedido de financiamento de R$ 30 milhõespara a Agência de Fomento do Paraná., que pediu um cronograma ao município já que a liberação do valor em única parcela foi descartada. 

O município enviou a proposta de liberação do financiamento em três parcelas. A primeira de R$ 10 milhões seria liberada em agosto e a segunda parte de R$ 12 milhões em dezembro. Já o restante do dinheiro, R$ 8 milhões seria enviada em maio de 2015. No entanto, ainda não houve a confirmação por parte da agência, sendo que o processo eleitoral pode adiar o financiamento.