29/12/2015 00:00:00 Londrinatal: balanço parcial projeta perfil do consumidor

Fonte: Assessoria ACIL

De onde vêm os consumidores que recorrem ao comércio de Londrina para as compras de Natal? Quais tipos de lojas eles mais frequentam? Questões como essas começam a ser respondidas pelo balanço parcial do Londrinatal-2015, promovido pela Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL). Os números a seguir foram extraídos dos dados fornecidos pelos consumidores que cadastraram centenas de milhares de cupons/rasgadinhas para concorrer aos prêmios que já foram e ainda serão sorteados pela Loteria Federal.

A faixa etária 29-43 anos foi a que mais cadastrou rasgadinhas, em casas, em lojas e no ponto de cadastramento da ACIL no Shopping Royal Plaza. Essa faixa etária foi responsável por 38,70% dos cadastramentos, seguida pelas faixas 44-58 anos (25,68%), 14-28 (23,87%), 59-73 (9,45%), 74-88 (1,37%) e 89-103 (0,92%).

Nos dois primeiros sorteios de prêmios, realizados em 16 e 24 de dezembro, os homens levaram a melhor sobre as mulheres. No primeiro sorteio, entre os dez consumidores contemplados com os vales-compras de R$ 1 mil, sete foram homens. No segundo sorteio, houve empate – mas a vantagem masculina foi garantida pelo prêmio principal, um carro zero quilômetro, sorteado para Marcelo Candalaft Alcântara.

O rateio por Estado mostra a força da principal campanha do comércio londrinense. Consumidores de todos os Estados e do Distrito Federal cadastraram códigos no sistema do Londrinatal. O Paraná, claro, detém a maioria esmagadora: 97,782% dos cupons. Em seguida vêm São Paulo (1,352%), Minas Gerais (0,190%), Mato Grosso do Sul (0,104%) e Rio de Janeiro (0,085%).

A mesma estratificação revela também que a imensa maioria dos consumidores vem da Região Metropolitana da cidade-sede. Londrina fica com 80,68% dos consumidores. Outros 5,21% são de Cambé, 2,26% de Ibiporã, 0,97% de Rolândia, 0,46% de Sertanópolis e 8,19% de outras cidades. De São Paulo, os maiores contingentes vêm da Capital (0,25%), Osasco (0,15%), Ourinhos (0,09%) e Assis (0,08%).

O balanço parcial mostra ainda quais são os setores do comércio que mais atraem os consumidores durante o Londrinatal. O de calçados atraiu 14,63%, o de cosméticos e perfumaria 6,23%, os supermercados 5,61%, tecidos e confecções 3,74%, confecções 3,45%, óticas e relojoarias 3,42%. Outros 18,85% adquiriram produtos em shoppings, que, pela sua natureza, congrega diferentes ramos do comércio.

Dezenas de milhares de cupons/rasgadinhas ainda serão cadastrados para participar do último sorteio do Londrinatal, em 6 de janeiro. Os cupons devem ser cadastrados até as 23h59 do dia 5 no site www.londrinatal.com.br. Os prêmios são um Ônix zero km e 10 vales-compras de R$ 1 mil cada.

Na segunda semana de janeiro a ACIL divulgará o balanço final, com resultados completos e a dinâmica do comércio londrinense.