17/12/2018 08:43:39 O Marketing que eu posso pagar

Por Rodrigo Xavier - Revista Mercado em Foco - ACIL

Falar em Marketing no mercado brasileiro é um tanto difícil. A começar pela questão semântica, uma vez que se trata de um termo oriundo da língua inglesa e utilizado no ambiente de negócios brasileiro sem a devida tradução. O termo tem origem na palavra inglesa Market que significa mercado. Dessa forma, Marketing é a ciência e a arte de explorar, criar e entregar valor para satisfazer as necessidades de um mercado-alvo com lucro; identificando necessidades e desejos não realizados. É o Marketing que define, mede e quantifica o tamanho do mercado identificado e o potencial de lucro. Neste universo inclui-se produto, serviço, valor, consumidor, concorrência e ambiente.

Qualquer empresário ou empreendedor que decida pensar ou falar em Marketing deve adicionar ao assunto uma dose de sinceridade. Isso é mais que necessário para que haja o reconhecimento sobre onde o seu produto não é bom, quando seu cliente fica insatisfeito e em que ponto do caminho sua empresa falha. Além disso, é necessário também maturidade para entender que tudo que os concorrentes fazem igual não é mais um diferencial do produto ou serviço, mas já se tornou uma característica do segmento. Para crescer e se destacar no mercado, a empresa precisa de diferencial verdadeiro, estar a frente, fazer melhor e entregar mais do que o cliente espera.

Se falar de Marketing é uma tarefa difícil, adiciona-se ao desafio executar suas estratégias. Quando alguém entra em contato com uma empresa para comprar ou contratar um produto ou serviço, seja presencialmente, por telefone, e-mail, Whatsapp, entre outros meios, inicia-se um processo de compra, que é relacionado à área de vendas. Marketing é exatamente tudo o que acontece antes desse momento. Via de regra, as empresas mapeiam bem o processo de vendas, no entanto, o processo de Marketing raramente é mapeado, principalmente entre pequenos e médios empresários.

Observemos este exemplo: uma mãe vai até uma loja de modas e compra o valor de R$ 200 reais em roupas para sua filha. Isso é relacionado à área de vendas!
Para fazer o mapeamento do processo de Marketing faz-se necessário responder às seguintes perguntas: “Por que ela entrou exatamente nesta loja?”; “Por que não foi à outra loja ou mesmo acessou uma loja virtual?”. Todas as possíveis respostas para tais perguntas são relacionadas ao processo de Marketing. As réplicas mais óbvias no caso do exemplo seriam:

  • A loja está localizada em uma região movimentada, que fazia parte do trajeto daquela mulher;

  • A loja, enquanto marca, criou vínculo com a mulher através da internet;

  • A loja preparou uma bela vitrine, expondo ofertas atrativas;

  • A loja, enquanto marca, estava posicionada na mente dela como uma marca de produtos de qualidade, para o seu estilo de consumo;

  • A loja realizou divulgação de ofertas e promoções através de veículos de comunicação;

  • A mulher foi até aquela loja pois foi indicada por uma amiga.

Para executar as estratégias de Marketing, a empresa deve atentar-se em todos esses pontos: marca, comunicação, posicionamento, produto, atendimento, preço e etc.

Quanto investir em Marketing? Essa pergunta encontra sua resposta a partir da definição de qual a porcentagem do faturamento será reinvestida para trazer mais clientes, fortalecer a marca e gerar relacionamento. Definido este orçamento, o próximo passo para o empresário e empreendedor é traçar as estratégias que irá executar. Para isso, é necessário a busca de capacitação através de cursos, leituras, consultorias; a fim de tornar a aquisição de clientes um círculo virtuoso constante no negócio.

Rodrigo Xavier é Especialista de Vendas e Marketing, sócio da Megalu Comunicação e membro do Núcleo de Consultores Empresariais (NCA) do programa Empreender