03/03/2016 00:00:00 Primeira reunião do Núcleo Audiovisual é marcada por otimismo e expectativas

Fonte: Assessoria ACIL

O Núcleo Audiovisual realizou hoje (03), na ACIL, a primeira reunião do grupo. O encontro formalizou a existência do Núcleo, que reúne diversas empresas do segmento e pretende fomentar a atuação e o alcance de seus membros. 

Gustavo Minho, da produtora Muvk, acredita que unir as empresas é importante para “aumentar a visibilidade do segmento, já que muitas pessoas não sabem a força do cinema e do audiovisual em Londrina”. Yan Sorgi, da Captura Estúdio, concorda: “a cidade tem produtores e profissionais, mas o grupo é isolado. Se o convívio aumenta, a visibilidade também cresce.”

A desunião dos profissionais do setor também é preocupação de Guilherme Peraro, da Kinopus. Segundo ele, “a dificuldade em encontrar talentos locais é grande – isso não se dá pela falta de pessoas, mas pela desunião. É preciso fomentar a capacidade local de produção”. O atraso na legislação também aflige Peraro. “O Paraná está atrasado. Outros estados têm editais bem aplicados e que funcionam, mas isso não acontece aqui.” A busca por soluções para estes problemas comuns é um dos focos do Núcleo.

O grupo será mediado por Cleufe Almeida, consultora empresarial que já trabalha com outros núcleos do Programa Empreender, cujo intuito é reunir profissionais de uma área e transformar em parceiros os que antes se viam como concorrentes. Para ela, “a expectativa é grande. Vamos direcionar as ações da equipe e conquistar resultados de grande repercussão para o mercado.”