21/07/2017 07:44:29 Ranking põe UEL como a melhor universidade estadual do Sul

Fonte: Folha de Londrina

Uma pesquisa feita por uma entidade internacional em 81 universidades latino-americanas e publicada em uma revista inglesa colocou a UEL (Universidade Estadual de Londrina) como a melhor instituição de ensino superior estadual da Região Sul. Entre as universidades brasileiras, apenas Unicamp (Universidade de Campinas), USP (Universidade de São Paulo), Unesp (Universidade Estadual Paulista) e UERJ (Universidade Estadual do Rio de Janeiro) aparecem na frente da UEL. 

O Ranking de Universidades da América Latina 2017 foi divulgado nesta quinta-feira (20) pela revista "Times Higher Education", da Inglaterra, publicação responsável pela elaboração do Ranking Mundial de Universidades. Apesar de ter assegurado a 5ª posição entre as estaduais, mesma classificação do ano passado, a UEL cresceu em dois requisitos no novo levantamento. Na categoria Ensino, obteve 66,6 (de um total de 100). Em 2016, a nota foi 50,1. No aspecto Citações, em que é levado em conta a importância das pesquisas realizadas pelo corpo docente, a pontuação foi 30,7, ante 17 no ano anterior. 

O desempenho foi comemorado pela diretora de Avaliação e Acompanhamento Institucional da Proplan (Pró-reitoria de Planejamento), Sandra Regina de Oliveira Garcia. "É um sinal de que estamos evoluindo em itens que embasam a pesquisa e mantendo o retrospecto positivo em outros setores", avaliou. 

Garcia reconheceu, no entanto, que as dificuldades vivenciadas pela UEL, principalmente no âmbito financeiro, podem prejudicar o resultado em futuras pesquisas. "Estamos com uma lista de 90 professores prestes a se aposentarem. O prejuízo será grande, principalmente a longo prazo. Sem docentes suficientes, não há como fomentar o desenvolvimento de projetos, que não deixa de ser um ponto relevante para levantamentos feitos por esses órgãos internacionais", apontou. 

Por meio de nota, a assessoria de imprensa da Seti (Secretaria Estadual de Ciência, Tecnologia e Ensino Superior) informou que, "para a realização de concurso público, deve haver disponibilidade orçamentária para atender às projeções de despesas com pessoal" e que "os pedidos serão analisados pela Comissão de Política Salarial". 

Nas dez primeiras colocações do Ranking de Universidades da América Latina estão cinco instituições brasileiras, duas chilenas, duas mexicanas e uma colombiana.