22/10/2014 00:00:00 Sercomtel vai gerir iluminação pública até 2030

A Câmara de Vereadores aprovou na tarde desta terça (21), em definitivo, a autorização para aSercomtel assumir a iluminação pública de Londrina por 15 anos, prorrogáveis até o ano de 2045.

A Sercomtel precisa assumir o sistema de iluminação da cidade, no lugar da Copel, a partir do dia 1º de janeiro. Em Londrina, existem cerca de 57 mil postes com iluminação nas ruas e praças públicas.

A decisão da Câmara foi considerada “histórica” pelo prefeito Alexandre Kireeff (PSD), que foi ao plenário para agradecer aos vereadores.“É uma mudança radical: nasce uma empresa pública capaz de dar um diferencial competitivo para Londrina, capaz de viabilizar também empreendimentos de tecnologia de informação inovadores”, discursou o prefeito aos vereadores.

Para a Sercomtel, a entrada no setor de iluminação pública é a chance de transformar Londrina em uma “smart city” (cidade inteligente), com o controle de iluminação de áreas públicas à distância.

Para começar no serviço, a Sercomtel já tem à disposição quase R$ 52 milhões guardados, originados nos pagamentos das contribuições sobre iluminação pública nas contas de luz dos consumidores.