11/09/2018 08:13:58 Londrina é a 25ª entre cidades inteligentes

Fonte: Folha de Londrina

Londrina caiu duas posições no ranking Connected Smart Cities 2018, principal estudo anual sobre cidades inteligentes do Brasil, passando da 23ª para 25ª posição. O ranking, divulgado na semana passada pela Urban Systems em parceria com a Sator, traz Curitiba na liderança. O levantamento feito em cerca de 700 municípios aponta quais têm o maior potencial de desenvolvimento, por meio de indicadores que vão de saúde até tecnologia e inovação. 

Curitiba assumiu a liderança no ranking, ao ultrapassar São Paulo na comparação com a edição de 2017. Outros representantes do Paraná que conseguiram um lugar entre os cem primeiros são Maringá, que também recuou da 19ª para a 20ª colocação, Cascavel (de 53ª para 45ª), Pato Branco (de 64ª para 66ª) e Umuarama ( de 77ª para 67ª). 

Entre as cidades que ultrapassaram Londrina, o destaque fica para Fortaleza, que foi de 29ª para 22ª) e Balneário Camboriú (de 62ª para 22ª). Esses municípios obtiveram avanços significativos que servem de modelo em um ou mais dos 11 indicadores analisados, que são mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança. 

Ao analisar o levantamento, o presidente do APL (Arranjo Produtivo Local) de TIC (Tecnologia da Informação e Comunicação) de Londrina e da Sercomtel Participações, Roberto Nishimura disse que os agentes públicos e privados do município estão focados em criar mecanismos para facilitar o desenvolvimento regional. Já o gerente da regional de Londrina do Sebrae, Fabrício Bianchi, complementou que vários atores têm buscado fazer a cidade crescer, ao citar as reuniões semanais do próprio APL de TIC, há 12 anos, para apontar soluções. 

Cidades inteligentes - O conceito de smart cities, ou cidades inteligentes, se define pelo uso da tecnologia para melhorar a infraestrutura urbana e tornar os centros urbanos mais eficientes e melhores para se viver 

APL - Aglomerações de empresas e empreendimentos em um mesmo território, que apresentam especialização produtiva, algum tipo de governança e mantêm vínculos de articulação, interação, cooperação e aprendizagem entre si e com outros atores locais