09/06/2017 10:25:05 UEL é a 4ª melhor universidade estadual do País, aponta consultoria

Fonte: Folha de Londrina

Repetindo a colocação obtida no ano passado, a UEL (Universidade Estadual de Londrina) apareceu como a quarta melhor instituição de ensino superior estadual do Brasil, atrás apenas das conceituadas USP (Universidade de São Paulo), Unicamp (Universidade Estadual de Campinas) e Unesp (Universidade Estadual Paulista). A universidade londrinense empatou com a UFPR (Universidade Federal do Paraná) e outras oito instituições de ensino superior do País. O levantamento foi feito pela consultoria britânica Quacquarelli Symonds. 

Entre as 26 mil universidades do mundo, quatro mil foram selecionadas e 959, classificadas. No Brasil, 22 figuram no ranking. A UEL entrou na última faixa de classificação, a partir da 801ª colocação. A classificação é individual até a 400ª colocação e por faixa a partir da 401ª posição. 

Segundo a diretora de Avaliação e Acompanhamento Institucional da Proplan (Pró-Reitoria de Planejamento) da UEL, Sandra Regina de Oliveira Garcia, a pesquisa leva em consideração pesquisas externas, contribuição na formação de cidadãos e relevância fora do Brasil. 

Mesmo reconhecendo que a UEL não vive dias fáceis, a diretora acredita que há muitos motivos para comemorar. "Apesar dos problemas que enfrentamos, como a falta de reposição de professores, recebemos o balanço com muita satisfação. É importante ter um olhar de fora para que nunca deixemos de valorizar o local em que trabalhamos e estudamos", comentou. 

Para o vice-presidente do Sindiprol (Sindicato dos Professores do Ensino Superior Público de Londrina e Região), Nilson Magnanin Filho, a boa posição no balanço internacional não pode esconder as dificuldades pelas quais a UEL passa atualmente. "O governo demora muito para contratar novos docentes. Como a universidade tem 40 anos, alguns já estão se aposentando. Se o quadro não é reposto, os prejuízos aparecem lá na frente", pontuou. 

Para avaliar as instituições, o ranking QS considerou itens como reputação acadêmica, citações de pesquisas realizadas, aptidão acadêmica, avaliação entre empregadores e o processo de internacionalização. O ranking geral da edição deste ano está disponível no endereço www.topuniversities.com/university-rankings/world-university-rankings/2018. 

Na classificação geral, as três melhores universidades são americanas, sendo elas: MIT (Instituto de Tecnologia de Massachusetts) e universidades de Stanford e de Harvard.