27/02/2019 08:58:57 5 dicas de Carlos Wizard para quem quer empreender em 2019

Fonte: Pequenas Empresas Grandes Negócios

Há no mercado uma onda de otimismo em relação à economia e a previsão é de crescimento, tanto nos investimentos quanto na geração de emprego e renda. Portanto, esse é momento certo para quem deseja tirar da gaveta o sonho de empreender e abrir o negócio próprio.

Dados da Confederação Nacional da Indústria (CNI) indicam que o nosso Produto Interno Bruno (PIB) deve crescer 2,7%, com a indústria puxando a fila do crescimento, com expansão de 3%. Os investimentos também devem crescer 6,5%.

Já a previsão de crescimento para o setor de franquias é de 8% a 10%, de acordo com a Associação Brasileira de Franchising (ABF), o que mostra que existem muitas oportunidades nos mais diversos setores. Os setores de alimentação e educação predominam na busca de interessados na abertura de uma franquia.

Separei cinco dicas  importantes para quem quer se aventurar ser seu próprio patrão.

Confira:

Definição de atividade

O primeiro passo é definir possíveis setores de investimento. Você pode escolher setores por afinidade ou por perspectivas de crescimento. Se você gosta de pets, por exemplo, pode investigar oportunidades de negócio neste setor.

Analise as necessidades do mercado. Será que o negócio que pretendo montar é um modismo ou é uma tendência internacional? Outra consideração importante é saber se você se identifica com o tipo de produto e serviço que pretende explorar.

De nada adianta você abrir uma academia de ginástica se você mesmo não é adepto a malhação diária. Você não terá energia, disposição e entusiasmo para levar seu projeto avante. Por outro lado, se você é apaixonado por exercícios físicos, atividades esportivas e pode malhar por longas horas sem se cansar, esse já um sinal positivo em relação a escolha do setor para empreender.

Diferenciação

Outro elemento importante é perguntar a si mesmo que diferenciação seu negócio oferece ao cliente. Qual é a motivação que o cliente terá de escolher o seu produto ou serviço? Quais as vantagens competitivas que deixarão os clientes fidelizados ao seu negócio?

Quando comecei a dar aulas, foquei na necessidade do aluno aprendera  falar o inglês rapidamente. Foi por isso que lancei a chamada “Fale Inglês em 24 Horas”. Essa chamada simples, mas poderosa, foi o diferencial necessário para atrair milhares de alunos. Quando resolvi investir no setor de alimentação fui ao encontro do líder mundial nesse setor.

Desembarquei em Irvine, na Califórnia, e mostrei aos americanos que estava na hora de trazer o Taco Bell ao Brasil. Hoje os brasileiros têm mais uma opção de lanches rápidos, além de pizza e hambúrgueres. 

Converse com especialistas

Participar de eventos e fóruns que promovam o empreendedorismo é essencial para quem quer abrir o negócio próprio. Costumo dizer que quando dei os primeiros passos na jornada como empreendedor, eu não tinha dinheiro, não tinha experiência, não tinha contatos, não tinha nada. Tinha somente ideias na cabeça.

No entanto, eu não perdia uma chance de participar de encontros e palestras sobre como administrar e expandir o negócio próprio. Além disso, costumava buscar o conselho de empresários experientes de como resolver questões elementares para um empreendedor iniciante.

É preciso ter essa humildade de aprender com aqueles que já venceram. Se você não tiver com quem trocar ideias, recomendo buscar apoio do SEBRAE que tem a função de apoiar os empreendedores e disponibilizar consultores e especialistas em diferentes segmentos. Essas trocas de experiências é algo de extremo valor para quem está começando.

Visite empresas

No setor de franquias, uma atividade muito comum para quem está buscando informações sobre o negócio, é a visita à franqueadora e aos franqueados. É muito interessante colher as impressões de quem já está operando uma loja para entender melhor a natureza da atividade e ajustar suas expectativas em relação ao negócio. Essa prática é muito válida porque, geralmente, o franqueado irá compartilhar informações que você nem havia considerado antes.

Escalar

Finalmente, quando você já tiver definido sua atividade empresarial, considere o que fazer para atender o mercado em larga escala. Diariamente sou convidado para investir em diversos projetos.

Somente analiso negócios com potencial de escalabilidade. Para escalar sua atividade, será necessário formar uma rede de parceiros, distribuidores, franqueados, consultores, de modo tal que sua atividade econômica consiga estar presente em várias partes do país sem você, necessariamente, estar à frente de cada operação.

Isso não significa que não estará engajado no processo. Porém, seu papel será mais atuar como um investidor, mentor, visionário, um líder estrategista que possa dar credibilidade e sustentabilidade para o crescimento dos negócios de seus parceiros.

É preciso ter a consciência de que como empreendedores somos eternos aprendizes. No entanto, nesse processo de crescimento e desenvolvimento profissional, considero o empreendedorismo aliado à educação, como os maiores agentes transformadores da condição social e financeira de um indivíduo e da sociedade em geral.