09/05/2016 00:00:00 Parceria quer mobilizar empresas para promover marca do LEC na Série B

Fonte: Assessoria ACIL

Foi formado nesta tarde um grupo de trabalho que envolve dirigentes da ACIL, do Londrina Esporte Clube, da SM Sports (atual gestora da agremiação) e outros parceiros para promover a marca do Tubarão durante a disputa da Série B do Campeonato Brasileiro, competição que começa neste fim de semana e que dá acesso à elite do futebol brasileiro em 2017.

O objetivo do grupo é criar uma rede de mobilização na cidade a partir do envolvimento do empresariado. O principal termômetro do engajamento será a  presença dos torcedores nos jogos. O primeiro desafio é fazer deslanchar as vendas do Sócio Tubarão, plano de fidelização do torcedor. A meta é atingir 7 mil sócios no decorrer da disputa nacional, que terá 38 rodadas e será encerrada em novembro. O primeiro jogo do LEC está marcado para sábado, no Estádio do Café, contra o CRB, campeão alagoano.

O Sócio Tubarão conta com três faixas de custo, que variam de R$ 14,90 a R$ 99,90, com atrativos como acesso livre aos jogos e o direito a participar de um clube de descontos em estabelecimentos credenciados.

“Estamos desenvolvendo com os parceiros um plano com ações detalhadas. Queremos criar um ambiente de interação permanente e duradouro”, explicou o superintendente da ACIL, Diego Menão. O grupo irá se reunir regularmente para avaliar resultados e traçar estratégias.

O presidente da associação, Valter Orsi, também marcou presença e destacou a importância do esporte mais popular do País na autoestima da comunidade. “O futebol é um meio excelente para propagar a marca Londrina. Já temos uma imagem muito forte e positiva. Com a Série B, teremos como potencializar esta condição. O LEC terá um papel fundamental neste sentido.”

O presidente do Tubarão, Felipe Prochet, agradeceu o apoio para o projeto e reforçou a importância da propagação da marca para as pretensões de ascensão do clube no cenário nacional. “Estamos perto de voltar a ter o mesmo clima que vivemos em 1977 e 1978, quando o Londrina foi manchete na impressa nacional”, lembrou.

O diretor de marketing da SM Sports, Marcelo Risso, resumiu o espírito que move o novo grupo de trabalho. “Queremos que o Londrina seja forte também fora de campo.”