04/09/2017 08:11:46 Admiração registrada e compartilhada

Fonte: Revista Mercado em Foco - ACIL - Por Fernanda Bressan

Você já olhou para o céu de Londrina hoje? Já clicou as belezas da nossa terra? É grande o número de pessoas que se dedicam a encontrar o melhor ângulo para depois publicar as imagens nas redes sociais.

A imensidão de possibilidades - cores do céu, formas de nuvens, fenômenos naturais diferentes ou mesmo novos ângulos de conhecidas linhas arquitetônicas - atrai profissionais e amadores, levando para o mundo inteiro o que temos de mais bonito.

A fotógrafa Tatiana Galindo, por exemplo, é uma apaixonada pelo céu. Ela tem a conta @londrinaeseusceusmaravilhos no Instagram, espaço onde publica imagens feitas por ela própria e também por outros curiosos e admiradores de Londrina.

“A intenção que eu tinha quando fiz o Instagram era fazer com que as pessoas olhassem a beleza da cidade e da natureza”, conta. “Temos tendência de só reclamar e olhar o lado negativo das coisas, e todos os dias existem mil motivos para agradecer”.

Da sacada do prédio onde mora, Tatiana desfruta de uma vista privilegiada, inclusive do céu, que, com muita sorte, se colore de amarelo, laranja, vermelho e até de rosa! Das imagens que ela já fez, uma rodou o mundo. “Foi uma surpresa! No dia 7 de janeiro tirei uma foto que mostra uma nuvem em uma formação muito linda, a shelf cloud [no Brasil se chama nuvem prateleira].Postei e teve um jornalista de meteorologia americano que viu essa foto, colocou no Twitter dele e a imagem viralizou. Depois a prefeitura de Londrina publicou a mesma foto e muitos sites replicaram. Estava na hora certa, no lugar certo e com o equipamento certo. Esta foto projetou a cidade de Londrina”, recorda Tatiana.

Para ela, o Instagram @londrinaeseusceusmaravilhosos foi um start para muita gente começar a olhar o céu de outra forma e a fotografá-lo. Além disso, é um espaço para compartilhar belas imagens que fazem brotar sentimentos de alegria, gratidão e leveza. “Observei que depois destes céus maravilhosos, as pessoas passaram a fotografar a cidade com um olhar mais voltado à beleza”, observa. “Muitos usam a hashtag #londrinaeseusceusmaravilhosos e foi observando este movimento que passei a usar fotos de outras pessoas também no Instagram, inicialmente postava apenas as fotos de minha autoria”, relata.

Tatiana Galindo criou a conta no Instagram no ano passado com um objetivo maior: fazer com que as pessoas olhem para o céu todos os dias, logo ao amanhecer, e a partir deste movimento vivam uma rotina mais leve, agradecendo por ele. De quebra, veio uma divulgação muito bacana para a cidade. “Não tenho dúvidas que é uma forma de mostrar Londrina”, comemora. Hoje a conta tem pouco mais de 1.100 seguidores.

O professor do curso de odontologia da UEL, Fábio Augusto Ito, tem mais de 5.500 seguidores em seu Instagram @fabioaito, aberto em 2013. As publicações são essencialmente de fotos de cidades, boa parte delas de Londrina. “Gosto de fotografar as cidades em viagens, algumas vezes viajo só para isso. Comecei há uns cinco anos. É meu hobby”, revela.

Olhar seu Instagram é como passear pelas belezas da natureza, do céu e das interferências do clima nestas paisagens. “O tempo em especial me atrai, se está diferente, fotografo”, diz. E não por coincidência, a foto que mais viralizou até hoje é de um raio iluminando o céu. “Esta imagem espalhou pelo mundo muito rápido”, recorda.

Sobre divulgar a “terrinha”, o professor acredita que as imagens têm, sim, esse poder. “Vemos tudo por outros ângulos, outros olhos. Além disso, procuramos ressaltar o belo nas fotografias”, ressalta. Para ele, os municípios jovens podem encantar moradores de localidades mais antigas. “Quando você fotografa uma área nova, como o conjunto Gleba- Lago Igapó, isso chama a atenção”.

Sempre com a câmera como companheira, Ito fotografa diferentes pontos e também usa a visão da janela para buscar tons surpreendentes no horizonte. “Olho o tempo todo para a janela, sempre pode haver algo para se registrar”, ensina.

Quem também está sempre com a lente mirando o céu da cidade é Ivanil Navarro. Há cerca de dois anos ela começou a postar as imagens nas redes sociais. Em seu Instagram (@ivanilnavarro) é possível ver a beleza múltipla que nos cobre em silêncio. Tudo começou há 9 anos, quando ela ficou viúva. “Nesta época trabalhava de segunda a segunda, estava com filho pequeno e não tinha como continuar. Decidi cuidar dos meus filhos”, lembra. “Onde moro, vejo um céu maravilhoso. De manhã, cada dia é um amanhecer mais lindo que o outro e a tarde saio para caminhar e me deparo com cada ôr do sol! Resolvi registrar tudo. Faço isso todos os dias”, conta.

De 60 seguidores do Instagram (que ela tinha há dois anos) hoje são mais de 2.650, todos encantados com as belezas da cidade e das imagens. “Coloco as fotos no Instagram e Facebook. É encantador ler as mensagens que recebo nas postagens ou inbox. Alguns deixam a gente de boca aberta com tanto elogio. É gratificante”, diz Ivanil. Para ela, o céu é o que há de mais belo a ser registrado. “A cada instante está com uma cor, um jeito, um formato, passei a admirar isso e virou um hobby, um passatempo. Faço as fotos com o meu celular e posto. E como tem gente que interage! Inclusive de outras cidades!”, exclama.

Aronildo Pires dos Santos faz companhia para Ivanil na vida e nas fotografias. Ele trabalha em uma empresa de eletrônica como assistente de produção, mas sempre que pode pega o celular para fazer seus cliques. “Tenho paixão por foto, falta pouco tempo para aposentar e penso até em comprar equipamento e começar a fotografar”, diz.

As fotos de Londrina começaram em 2014 e hoje aparecem não só no Instagram, mas também em outros sites. “Faço caminhadas à tarde e comecei a ver o céu diferente nesta hora, foi aí que resolvi fazer as fotos. O céu é diferente a cada dia. Também gosto de fotos de lugares turísticos, como a rodoviária e o museu”, diz Aronido, que no Intagram tem a conta @aro.pires.

Aronildo brinca que as fotos são feitas muitas vezes nas caminhadas com Ivanil, mas que cada um tem seu olhar. “Caminhamos juntos, mas eu tiro a foto em um ponto e ela tira em outro lugar para não ficar igual”, diverte-se.

Seja com câmeras profissionais ou com celulares, Londrina é a modelo preferida de muita gente. E quem se depara com as imagens tem o privilégio de curtir as belezas desta terra fértil e vermelha. Quer experimentar? Busque pela hashtag #céudelondrina ou #londrinaeseusceusmaravilhosos e veja como temos motivo de sobra para nos orgulhar!

Galeria de Fotos