20/06/2017 08:02:28 As 100 cidades mais inteligentes (e conectadas) do Brasil

Fonte: Exame

São Paulo – As capitais São Paulo (SP), Curitiba (PR), Rio de Janeiro (RJ), Belo Horizonte (MG) e Vitória (ES) foram eleitas as cidades mais inteligentes e conectadas do Brasil.

É o que mostra o ranking Connected Smart Cities, elaborado pela  Urban Systems e publicado com exclusividade por EXAME.com.

São Paulo, a maior cidade do país, não ocupa o topo do ranking à toa: foi escolhida como o sistema de transporte mais integrado do país, liderando o ranking de mobilidade.

O Plano Diretor, premiado pela ONU, fez com que a cidade se destacasse ainda no quesito urbanismo. Também está à frente de outras em empreendedorismo e tecnologia.

As cidades que são destaque nesse estudo têm ao menos uma característica em comum. Nelas, o desenvolvimento econômico vai além da estatística e é pensado de uma maneira mais global.

Por isso, o estudo das cidades mais inteligentes do Brasil avalia a integração entre mobilidade, urbanismo, meio ambiente, energia, tecnologia e inovação, economia, educação, saúde, segurança, empreendedorismo e governança em mais de 500 cidades brasileiras, usando 70 indicadores. Conexão: A Mundo Corporativo mostra como as cidades inteligentes oferecem qualidade de vida e desenvolvimento de negócios Patrocinado

Pequenas notáveis

As grandes cidades, de fato, dominam o topo do ranking e confirmam a hipótese de que fazer grandes investimentos tende a ser mais fácil em municípios com mais de 500 mil habitantes, que, geralmente, concentram mais recursos.

Mas, segundo a Urban Systems, há alguns municípios de pequeno e médio porte que conseguem ir contra essa tendência.

Um exemplo disso é a cidade de Cajamar, na região metropolitana de São Paulo. Apesar de ter menos de 100 mil habitantes, o município é destaque em economia, com um PIB per capita alto (R$ 140 mil por habitante) e 94% de independência do setor público.

2017        2016                Cidade                      Pontuação 

1º             1º              São Paulo (SP)                  33,197

2º             3º              Curitiba (PR)                      32,472

3º             2º              Rio de Janeiro (RJ)            32,125

4º             5º              Belo Horizonte (MG)          30,785

5º             6º              Vitória (ES)                         30,426

6º             7º              Florianópolis (SC)               30,281

7º             4º              Brasília (DF)                       29,987

8º            10º             Campinas (SP)                    29,788

9º            13º             São Caetano do Sul (SP)    29,418

10º           9º              Recife (PE)                          29,339

Veja o ranking completo: https://goo.gl/jhdH9V