26/11/2014 00:00:00 Venda de materiais de construção cai 8,9% em outubro

Fonte: Folha de Londrina com Agência Estado

O faturamento total deflacionado das vendas dos materiais de construção no mercado interno apresentou queda de 8,9% em outubro em relação ao mesmo mês do ano passado, segundo relatório da Associação Brasileira de Materiais de Construção (Abramat). Na comparação com setembro deste ano houve alta de 0,1%. No acumulado dos dez primeiros meses do ano, o faturamento tem retração de 6,8% ante igual intervalo de 2013. Nos últimos doze meses a baixa é de 6,1%. 

Em outubro, as vendas de materiais de acabamento superaram os materiais básicos, o que sugere que muitas construtoras estão concluindo projetos, mas segurando novos lançamentos. O faturamento deflacionado das vendas internas dos materiais de acabamento caiu 5,5% na comparação com outubro do ano passado, mas subiu 0,3% ante setembro deste ano. Já o faturamento dos materiais básicos teve queda anual de 11,3% e retração mensal de 0,1%. 

Com apenas um bimestre pela frente, a Abramat estima que 2014 terá uma redução de 4% no faturamento real da indústria, quando comparado a 2013, na primeira queda anual desde 2009. "O mercado foi duramente afetado pelo pessimismo das famílias e dos empresários com relação à economia, reforçado pela perda de dias úteis em função da Copa do Mundo e feriados, bem como pelo aumento nas importações", diz o texto. Segundo a associação, o mercado de materiais de base sofreu mais, devido à forte retração no segmento imobiliário bem como nos investimentos públicos e privados. 

Ainda de acordo com o estudo da Abramat, o nível de emprego na indústria de materiais de construção subiu 2,6% em outubro ante o mesmo mês do ano passado, mas caiu 0,3% em relação a setembro deste ano.