13/08/2018 20:30:50 Campanha MELHOR PRA NÓS busca mobilizar eleitorado da região por representatividade política

Fonte: Assessoria ACIL 

O Movimento da Sociedade Civil Organizada lançou nesta segunda-feira (13) a Campanha MELHOR PRA NÓS – Nossa Escolha Faz a Diferença, um movimento a favor da representatividade política liderado por 13 entidades de Londrina, Cambé, Ibiporã e Rolândia.

O objetivo da ação é conscientizar os eleitores da região metropolitana a votarem em candidatos locais nas eleições de outubro e garantir uma bancada forte no Congresso Nacional e na Assembleia Legislativa.

Os organizadores esperam alertar os eleitores para o risco de um vácuo político, para as consequências de votar em candidatos de outras regiões e despertar neles a vontade de mudar o cenário de baixa representatividade que a região apresenta hoje nas capitais.

A campanha já está nas redes sociais. No Facebook e no Youtube, perfil e canal podem ser acessados com o nome da campanha e no Instagram a conta pode ser acessada digitando @melhorpranosoficial .

Para dar início aos trabalhos, foi produzido um vídeo de engajamento para que os eleitores compartilhem com a família e amigos, para que a mensagem viralize em poucas semanas.

Nas redes sociais, está prevista ainda a veiculação de textos explicativos sobre as importâncias do voto consciente, de conhecer a história de vida dos candidatos e o que a região ganha caso amplie sua representatividade.

Para facilitar o acompanhamento da campanha, tudo o que for publicado ficará à disposição na Biblioteca de Conteúdo. Para acessá-la digite o endereço www.melhorpranos.com.br

 

Offline

Uma vez efetivada no ambiente online, a campanha também deve ganhar as ruas até outubro. Os organizadores planejam a distribuição de um jornal e de adesivos para carros. Também serão instalados outdoors em pontos estratégicos da cidade. Através das redes sociais será possível acompanhar as ações de mobilização offline.

 

Como participar?

A campanha é, sobretudo, fazer a ideia se propagar em todas as faixas do eleitorado. Aqueles que se sensibilizaram com a causa devem, portanto, curtir, compartilhar e comentar as postagens ou propor a reflexão em seu círculo de relacionamento.