21/10/2014 00:00:00 CMC pede mais tempo para se manifestar sobre nova lei do EIV


O Conselho Municipal da Cidade (CMC) pediu à Câmara Municipal a prorrogação do prazo para emitir o parecer sobre o projeto de lei que regulamenta o Estudo de Impacto de Vizinhança (EIV) em Londrina. O texto foi encaminhado pelo prefeito Alexandre Kireeff (PSD) em setembro e o prazo para a manifestação do CMC venceu sábado passado. Agora, o órgão pediu adiamento até 25 de novembro. O projeto restringe a obrigatoriedade de apresentação do EIV a um número menor de empreendimentos. A medida integra o programa “Londrina Pra Frente”, lançado pelo prefeito numa tentativa de tomar a frente na agenda política da cidade. A avaliação é de que, com a restrição do EIV, os projetos dos empreendimentos serão aprovados com mais agilidade.