28/03/2019 18:22:04 Comissão de Infraestrutura retoma trabalho e prepara pauta para encontro com Ratinho Jr.

A Comissão de Infraestrutura e Desenvolvimento de Londrina fará a segunda reunião de 2019 durante a Expo Londrina com o governador Ratinho Junior. Os integrantes definiram nesta quinta-feira (28) em reunião realizada na ACIL e que foi comandada pelo presidente Fernando Moraes e pelo deputado estadual Tiago Amaral, as reivindicações que serão entregues no dia 11 de abril, às 9 horas, na Sociedade Rural do Paraná.

Cinco obras estão na lista de prioridades da comissão.

 

Contorno Norte

A comissão deliberou que se a liminar for mantida, vai cobrar que a Econorte execute a obra com o novo traçado. Se a liminar for suspensa que o Governo assuma e execute a obra no novo traçado.

Obra aguardada há mais de 20 anos. Com a demora na viabilização, o traçado inicial ficou defasado e foi preciso elaborar um novo projeto. Dividido em três trechos, o projeto ficou sob responsabilidade da concessionária Econorte.

A comissão articulou junto à Econorte e ao DER um cronograma de entrega dos projetos que foram apresentados durante as reuniões, em primeira mão, para mostrar como ficará cada trecho. Até dezembro de 2017 foram entregues os projetos dos três trechos da obra.

Trecho 1 vai da interseção da PR-862 até a entrada da PR-545, com 10,7 quilômetros. Trecho 2, com 8,5 quilômetros, vai da PR-545 ao entroncamento da PR-445. Trecho 3, maior trecho, com 13 quilômetros, vai da PR-445 até a entrada da BR-369, em Cambé. Com os projetos concluídos, a Comissão atua para conseguir recursos para a obra estimada em R$ 450 milhões. Ações na justiça travaram os desdobramentos.

 

Aeroporto de Londrina

Os membros vão solicitar ao governador que monte uma comissão para acompanhar o processo de concessão junto ao Governo Federal e que faça parte deste grupo pelos menos dois integrantes: um da Comissão de Infraestrutura e um representante da Codel.

O projeto de ampliação e modernização do aeroporto está pronto. A empresa Laghi contratada pela Infraero concluiu no ano passado o projeto que prevê ampliação da pista de pouso e decolagem em ­600 metros, a construção de uma nova posta de taxiamento e instalação de instrumentos de auxílio à navegação. O Aeroporto de Londrina está na próxima rodada de concessão, o que muda o cenário previsto para as obras que seriam executadas pelo Governo Federal.

 

Viadutos Bratislava (Cambé) e Angelina Vezozzo (Londrina)

A comissão vai cobrar que a licitação para os dois viadutos seja lançada.

Os projetos estão prontos e foram entregues ao DER. Os recursos estão previstos no orçamento do Estado.

A autorização para licitar a construção dos dois viadutos na BR-369 foi dada no dia 29 de junho de 2018, em Londrina, pela então governadora Cida Borghetti. “Por este viaduto não passam apenas cambeenses. O fluxo econômico do estado passa por ali’, afirmou o prefeito de Cambé, Zé do Carmo, que esteve na reunião junto com o vice-prefeito Conrado Scheller.

 

Duplicação da PR 445 até Mauá da Serra

A comissão vai solicitar ao governador a elaboração do projeto de duplicação para este ano e que a licitação seja lançada em 2019.

“Iniciamos em 2017 com cinco obras prioritárias que avançaram muito. Ficamos vinte anos falando dessas obras e nem projeto tinha. Hoje temos projetos e uma parte delas tem orçamento, mas que ainda não estão prontas. Debatemos hoje se faríamos a inclusão de mais obras, mas nesse momento entendemos que, em que pese a importância delas, não é hora de pensar novas obras. Se a gente não tiver um foco muito direcionado, daqui vinte anos mais uma vez a gente vai olhar para trás e ver que não saímos do lugar. Se não der para tudo de uma vez, vamos passo a passo”, afirmou o deputado Tiago Amaral.

 

Confira a atualização do andamento das obras acompanhadas pela comissão:

 

Duplicação da PR 445 até Irerê

A chuva atrapalhou as obras, mas não houve atraso no cronograma.

Término da obra em dois anos. Início em julho 2018.

 

Passarela na PR 445, em frente ao Iapar

As obras iniciaram em março e a empresa tem prazo máximo de três meses para conclusão. A estrutura da passarela ficou comprometida após acidente em setembro do ano passado.

 

Revitalização da marginais da PR 445

A habilitação para recuperação dos 13 km de marginais e ruas de acesso a PR 445 em Londrina e Cambé estava prevista para 20/03/2018, mas houve questionamentos das empresas na justiça. O contrato só foi assinado um ano depois, em março de 2019. De acordo com o superintendente regional do DER, Sergio Selvatice, a empresa vencedora deve pedir reequilíbrio financeiro do contrato em função do atraso para início da obra e do aumento no valor do asfalto.

 

Para o presidente da ACIL, Fernando Moraes, ”este retorno às atividades mostra que o debate contínuo das nossas prioridades amadureceu a relação da região com o governo do Estado. De novo, estamos num momento decisivo, com o início de novos mandatários em Curitiba e Brasília. Continuaremos coesos para desatar todos os nós que encontramos pelo caminho”.

 

Comissão 

Desde a criação da Comissão em julho de 2017, foram conquistadas importantes obras de infraestrutura e logística, como a duplicação da PR-445, entre Londrina e Irerê, uma antiga reivindicação regional; além da conclusão dos projetos dos três trechos do Contorno Norte e as três passarelas na PR-445, em Cambé e Londrina. A comissão também conseguiu antecipar o início do projeto de ampliação e modernização do Aeroporto de Londrina e a autorização para a licitação de um viaduto na Avenida Angelina Vezzozo (Londrina) e outro na Bratislava (Cambé).

A comissão une entidades da sociedade civil organizada, como Associação Comercial e Industrial de Londrina (ACIL), Sociedade Rural do Paraná (SRP), Clube de Engenharia e Arquitetura de Londrina (CEAL), Sinduscon Norte, Sindimetal Londrina, Grupo Folha de Comunicação, Associação das Empresas do Polo Industrial de Cambé (AEPIC) e Associação Médica do Londrina. 

Na reunião desta quinta-feira, os membros definiram a entrada de uma representante da OAB na comissão.