31/07/2015 00:00:00 Concerto da Harmonia desperta emoções no público de Londrina

Fonte: Assessoria ACIL

O padre francês Georges Chevrot escreveu certa vez que Jesus Cristo tem o poder transformar, quando menos se espera, o sofrimento dos homens em alegria. E foi exatamente isso o que aconteceu na noite de quinta-feira (30), durante o Concerto da Harmonia, com uma apresentação de gala do maestro e violinista Roney Marczak e seus convidados mais do que especiais: Orquestra Jovem de Londrina, Orquestra Sol Maior, Orquestra Londrinense de Viola Caipira, Grupo Sol Maior e Quarteto Descobertas. Promovida pela ACIL, FIEP e Sincoval, o espetáculo teve como palco o Teatro Crystal, lugar histórico para a cultura da cidade, por ter sediado os grandes musicais da Rádio Londrina nos anos 50 e 60.

O arcebispo emérito de Londrina, Dom Albano Cavallin, arrancou os aplausos de todos logo no início do concerto, ao citar as mazelas que o Brasil vem enfrentando nos últimos tempos – petrolão, mensalão, violência, corrupção, inflação, desemprego – e pedir a Roney para que traduzisse, nas cordas de seu violino, a esperança trazida pela música, interpretando o tema bachiano “Jesus Alegria dos Homens”.

Esta foi apenas a primeira emoção de uma longa lista de emoções para as mais de 400 pessoas que assistiram ao concerto. A Orquestra Jovem de Londrina brilhou no Concerto para Violino em Lá Menor, de Antonio Vivaldi, uma joia da música barroca. Também caprichou em uma peça do compositor brasileiro Ernani Aguiar, com vigorosos fraseados da música nordestina. Para completar, o saxofonista Luigi Marczak e o pai solaram majestosamente no tema “Inspiração”, composto por Roney para ninar os filhos quando pequenos.

Dois convidados especiais arrebataram o público: a Orquestra Londrinense de Viola Caipira, que interpretou “Felicidade” e “Chico Mineiro”. O famoso e belo “Canôn” de Pachelbel teve participação da Orquestra Sol Maior, que reúne os alunos da escola musical dirigida por Roney Marczak. O maestro Roney destacou que as crianças e jovens participantes do concerto só tiveram essa oportunidade graças ao Projeto Social Sol Maior, que desde 2001 já transformou em música a realidade de mais de 8 mil menores carentes da cidade.

A apresentação do Quarteto Descobertas – formado por Roney Marczak (violino), Filipe Barthem (baixo),  Murilo Barbosa (piano) e Bruno Cotrim (bateria) foi sem dúvida o ponto culminante deste espetáculo repleto de emoção. Prestes a sair na décima excursão pela Europa, o Descobertas interpretou temas de Egberto Gismonti (Loro), Gilberto Gil (Lamento Sertanejo), Luiz Gonzaga (Asa Branca), Geraldo Vandré (Disparada) e até animadíssimos pot-pourris de Michael Jackson e Chico Buarque. O bis veio com um sucesso de Roberto Carlos: “Eu quero ter um milhão de amigos”. Roney está chegando lá.