08/02/2012 00:00:00 contagem regressiva


A segunda discussão do projeto de emenda à Lei Orgânica, que objetiva facilitar a criação do Passe Livre, deve retornar à pauta em 10 dias.

Enquanto isso, tramitam os projetos da Oposição que altera o Estatuto da CMTU para garantir o benefício e o projeto do Executivo que mostra de onde sairão os R$ 3,5 milhões anuais para custeá-lo.

A expectativa é que, no máximo, em 15 dias os pareceres das Comissões estejam prontos. Mas, os vereadores afirmam que tentarão reduzir o prazo e oferecer o Passe Livre o mais rápido possível.