08/07/2016 00:00:00 Conversa com o presidente: Comércio festivo

Começou ontem e termina amanhã, uma das ações anuais que caracterizam a ACIL como uma entidade ativa nos termos da proposta de liderar o setor produtivo. 

Por três dias, o Londrina Liquida, um festival de descontos que envolve nesta edição cerca de 700 pontos de venda com perfil bastante diversificado, reforça o elo entre os comerciantes e os consumidores. 

O respeito mútuo entre estes dois grupos é a base de um desenvolvimento comunitário duradouro. 

Portanto, quando aproximamos as expectativas de vendedores e compradores em torno de uma ideia, o que estamos promovendo é o círculo virtuoso que caracteriza a economia de mercado. 

Por si só, isso justifica o ambiente festivo que a cidade vive nestes dias, com balões coloridos nas lojas, boa música e opções gastronômicas especiais no coração da cidade. 

O número recorde de adesão de lojistas em 2016, uma década depois da primeira edição, é um alento e tanto em um ano marcado pelo noticiário econômico apocalíptico. 

Aos poucos, os brasileiros vão retomando a confiança para voltar a consumir, fenômeno já medido nos indicadores mais recentes. 

E estas medições parecem mais realistas observando o desenrolar desta campanha e todos os seus sinais de vitalidade, uma espécie de despertar na contramão do desânimo. 

Quem preferir o otimismo nestes tempos de incerteza poderá ser premiado no futuro. 

E a ACIL continuará exercendo seu papel de liderança. A associação já trabalha para que outras campanhas como esta provoquem o mesmo efeito, em especial o próximo Londrinatal, outra iniciativa que tratamos sempre com muito carinho e que este ano deve mostrar que a crise realmente está definhando. 

Até a próxima,

Claudio Tedeschi

 

Frase da semana

“O comércio é o grande civilizador. Trocamos ideias quando trocamos tecidos."

Robert Green Ingersoll, jurista e orador norte-americano (1833-1899)