06/11/2015 00:00:00 Conversa com o presidente: Uma cidade em azul e branco – com tapete vermelho

Embora estejamos garantidos na Série B, levantar o troféu de campeão da Série C consagraria o ótimo desempenho do Londrina no ano e valorizaria bastante a representação do clube em 2016. Por isso, a ACIL resolveu deflagrar a segunda edição da campanha Dia Azul e Branco. Nesta sexta, dia 6, com o mesmo espírito com que empurramos o time contra o Confiança, vamos dar uma motivação a mais para o confronto deste domingo contra o Vila Nova.

Qualquer que seja o resultado final desta decisão, uma coisa é certa: 2016 será um ano diferente para a cidade. E a cidade, certamente, estará diferente no ano que vem. Empresarialmente falando, podemos dizer que a vaga na Série B é um grande ativo. O Tubarão mandará, aqui, 19 jogos contra algumas das principais equipes do País.

Londrina vai receber muita gente de fora. Serão centenas – em alguns jogos, talvez milhares – de torcedores que virão acompanhar suas equipes no Estádio do Café. No comércio de rua, nos shoppings, em bares e restaurantes, precisamos tratar os torcedores de fora no mesmo nível da qualidade de serviços que Londrina tradicionalmente oferece.

No estádio, em meio ao mar de camisas azuis e brancas, temos de tratá-los com respeito. Mais do que torcedores, são turistas que movimentarão os restaurantes, a rede hoteleira e todo nosso comércio em busca de uma lembrança desta cidade que, indiscutivelmente, encanta quem a conhece.

É nosso dever estender o tapete vermelho a eles.

Até mais,

Valter Orsi