26/02/2020 14:00:53 Empresas de tecnologia apoiadas pelo Sebrae no PR geraram 20 vezes o valor investido

Fonte: CBN Londrina

O Sebrae Paraná divulgou nesta semana a análise dos resultados do Programa de Incubadoras no estado, que, nos últimos quatro anos, investiu no desenvolvimento de diversas startups em quatorze cidades diferentes. O levantamento mostra que, a cada real aplicado pelo órgão de fomento, as empresas conseguiram faturar R$ 19,50, ou seja, quase 20 vezes mais que o valor do investimento inicial. De forma geral, o faturamento das empresas chegou aos R$ 66 milhões.

Já em relação ao recolhimento de impostos, as startups incubadas recolheram R$ 1,39 para cada real investido pelo Sebrae. Ou seja, quase metade do que foi aplicado voltou aos cofres públicos em forma de tributos. O gestor do Programa de Incubadoras do Sebrae no Paraná, Aloysio Pereira Cerqueira, destacou a importância da iniciativa, e argumentou que os números conseguem mostrar que todo o investimento feito pelo órgão culminou num resultado bastante positivo.

Ele explicou, ainda, como funciona o programa de incubadoras. Em cada cidade, conforme o gestor, os empresários contam com um espaço para o desenvolvimento de suas ideias e, posteriormente, com um incentivo financeiro para colocá-las em prática. Em Londrina, por exemplo, conforme Cerqueira, uma empresa de aplicativos para celular que teve início no projeto conseguiu vender uma de suas ideias para o Ifood, que é considerado o principal serviço do país de entrega de refeições pela internet.

O balanço também mostrou que, só em 2018, as startups conseguiram gerar mais de 60 empregos. O gestor do programa garantiu que a iniciativa continua em todo o estado, com o objetivo de auxiliar no desenvolvimento de novas empresas.