03/03/2020 16:40:41 Encontro Empreender: a importância do planejamento e do propósito para a empresa

Fonte: Assessoria ACIL 

Nesta terça-feira (3), a ACIL foi cenário do encontro anual do Programa Empreender, ação para oficializar a abertura dos trabalhos realizados durante todo o ano de 2020 pelos mais de 20 núcleos ativos.

O início da manhã foi marcado por café da manhã e networking, seguido de duas palestras que inspiraram, motivaram e trouxeram muito aprendizado a ser colocado em prática.

A primeira, proferida pelo diretor Micro e Pequeno Empresário da ACIL, Hélio Terzoni, foi sobre o tema "Planejar, agir e focar: 3 passos para o resultado". Ele falou sobre a necessidade de um novo olhar para o momento em que estamos vivendo, o que, segundo ele, começa "dentro de casa", ou seja, a própria empresa.

Segundo Terzoni, muitas empresas, quando pensam em investir em inovação, imaginam logo a necessidade de "inventar a roda". Porém, para ele, inovar é simplesmente fazer algo diferente do que era feito ontem. "Se atentar ao mercado externo é importante, no entanto, os resultados não dependem disso. O maior diferencial competitivo de uma empresa pode ser sua cultura interna."

O empresário acredita que para desafios cada vez mais comuns como custos altos, colaboradores que não rendem conforme o esperado e metas não alcançadas, se sobressai quem enxerga oportunidades diferenciadas e não quem pensa na qualidade como um diferencial. "Qualidade é obrigação, independente do segmento", avalia.

Hélio Terzoni deixa claro que uma empresa só eleva seu nível quando investe em planejamento e estabelece alguns aspectos a serem considerados.

Primeiro, pense a respeito sobre o que é mais importante para a sua empresa: a lucratividade. Não uma lucratividade no sentido do chefe poder trocar de carro ou comprar um apartamento, mas uma lucratividade que consiga promover inovação e capacitação para os colaboradores. Uma lucratividade que elimine a ineficiência.

Em seguida, encontre a melhor forma de atender o seu cliente. Trate ele com carinho.

Foque no principal: mude o seu comportamento como líder, comece com pequenas mudanças. "Crie hábitos e mantenha uma constância. Quem dita a direção de um navio é o capitão."

E por fim, defina uma metodologia de trabalho que transforme o seu redemoinho "multitarefa", em uma fonte geradora de resultados. Como? Com o auxílio de um planejamento bem estruturado.

Imagine a situação: você deseja obter o aumento de 100% na sua lucratividade em cinco anos. Para muitos, isso pode parecer inalcançável. Mas pense nesse alvo limitando-o a 12 meses. Diminuiria para um aumento de 20% ao ano. Ainda distante? Foque no aumento de 5% ao longo de um trimestre e faça as contas! Seria necessário apenas o aumento de 1,7% ao mês. "É preciso mudar o nosso foco, gerir melhor o nosso tempo. Quando pensamos em metas para o ano, temos a tendência de empurrar tudo para dezembro", afirma.

Valores e propósitos

A segunda palestra da manhã "Hoftalon: história de desafios, superações e propósito", ficou a cargo do Dr. Nobuaqui Hasegawa, fundador do hospital. Uma trajetória com altos e baixos, mas com um propósito bem definido, é assim que o médico caracteriza sua linha do tempo.

O hospital, fundado em 1991, graças a herança recebida pelos seus pais, com investimentos também da herança recebida por sua esposa, é o maior prestador de serviços oftalmológicos em Londrina e região, atendendo cerca de 100 municípios.

"O fundamental para começar algo do zero é sonhar". Desde o início, seu objetivo era viabilizar o atendimento às camadas mais pobres, e como Nobuaqui mesmo afirma, muitos desafios foram surgindo, no entanto, sua persistência e flexibilidade para encontrar caminhos e enxergar oportunidades, fizeram com que o hospital crescesse cada vez mais. Hoje, 80% dos atendimentos são pelo Sistema Único de Saúde (SUS).

A criação do Hoftalon foi como dar sentido à sua vida. "Dos primeiros anos de atuação até os dias atuais, uma coisa não muda: a missão de estender os benefícios dos avanços da medicina a todos que necessitem, sem distinção de classe social ou condição econômica", afirmou.

O médico ressaltou também que a missão de uma empresa precisa ser bem definida e é necessário entender que o sucesso de um empreendimento depende da valorização das pessoas. Quando perguntam a respeito de sua energia para gerir um negócio desta proporção, Nobuaqui não exita em afirmar: "vem do propósito que eu carrego".

Os pilares ensino, pesquisa, gestão e qualidade sempre acompanharam essa trajetória e vem reunindo reconhecimentos nacionais e internacionais. Além de sua residência médica muito bem colocada entre as principais do país, o Hoftalon é certificado como uma das melhores empresas para se trabalhar, com selo Great Place To Work.

No começo, eram apenas 9 funcionários e 4 médicos. Hoje conta com 100 funcionários e corpo clínico com mais de 130 médicos, e se consagra como a instituição que abriga o maior número de oftalmologistas no Brasil.

"Eu não fiz nada demais. Apenas recebi o pão e estou distribuindo-o. Esse é só o caso de um sonhador que fez acontecer", finalizou.