09/12/2019 08:47:15 Envelopes para projeto de duplicação da PR-445 até Mauá da Serra são abertos

Fonte: Rádio Paiquerê 

Quatro concorrentes, entre empresas e consórcios, disputam o projeto de duplicação na rodovia PR-445, entre o Distrito de Irerê e Mauá da Serra. Os envelopes com as propostas técnicas foram abertos nesta semana pela Comissão de Licitação do Departamento de Estradas de Rodagem do Paraná (DER/PR).

As empresas e consórcios interessados são: Engefoto Engenharia e Aerolevantamentos S.A.; Consórcio Prodec-Unidec; Consórcio Viaponte-Concresoslo e Consórcio Cobra S.A.-Cobra LTA – Engevix. O projeto de duplicação faz parte do Programa Estratégico de Infraestrutura e Logística de Transportes do Paraná, executado com financiamento do Banco Interamericano de Desenvolvimento (BID). O acordo entre BID e Governo do Estado foi firmado em dezembro de 2017 e prevê cerca de R$ 900 milhões a serem aplicados até 2022 em obras e projetos de infraestrutura no Paraná.

Conforme edital publicado no Diário Oficial no dia 29 de outubro, o preço referencial do projeto executivo orçado pelo DER/PR é de R$ R$ 5.671.533,29. A concorrência acontece na modalidade de Seleção Baseada na Qualidade e no Custo (SBQC), em que empresas pré-selecionadas (escolhidas na Lista Curta, definida após chamamento público) são convidadas a apresentar propostas técnicas e de preço.

Obra
O projeto é dividido em dois subtrechos. O primeiro, com extensão de 26,8 km, começa na intersecção da PR-445 com a rodovia BR-376, no acesso a Mauá da Serra, e vai até o cruzamento da via estadual com o acesso ao distrito de Leroville. O entroncamento com a BR-376 deverá ser remodelado com a incorporação de faixas de aceleração e desaceleração para comportar a duplicação. Também nesse primeiro subtrecho, os acessos ao município de Tamarana e ao distrito de Leroville deverão ser interligados por meio de marginais e contemplados com intersecções em desnível.

Já o segundo subtrecho inicia no acesso a Leroville e segue pelos 22,9 km subsequentes, até o km 50 da PR-445, onde já existem obras em andamento de duplicação. É nesse segundo subtrecho que se localizam dois entroncamentos com a PR-532 onde deverão ser estudadas soluções para implantação de intersecções em desnível: o primeiro, localizado na altura do km 40,75 é o trevo que dá acesso ao distrito de Guaravera e o segundo trata-se do trevo de acesso ao distrito de Taquaruna.

Em ambos os subtrechos existem pontes que cruzam rios da região. Elas deverão ser alargadas para comportar a faixa adicional da duplicação e, no caso de pontes com histórico de alagamento, o estudo hidrológico do projeto deverá apontar a solução.

Com AEN