15/04/2013 00:00:00 FACIL Imobiliário, novo serviço da ACIL

Fonte: Karen Krinchev / Revista Mercado em Foco da ACIL

Um serviço que garante agilidade para quem quer comprar ou alugar um imóvel, este é o Facil Imobiliário. A nova ferramenta lançada pela ACIL informa aos cidadãos, em apenas um documento, se há consultas de SPC, cheques devolvidos em nome da pessoa ou empresa, protestos, ações judiciais, entre outras restrições (pendências financeiras).

 

O projeto - que tem o apoio do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) - teve início na zona norte e, a partir de abril, será ampliado para toda a cidade. Ao todo, 156 imobiliárias de Londrina devem ser visitadas, lembrando que o produto já foi apresentado aos imobiliaristas dos Cinco Conjuntos. Segundo o executivo de vendas da ACIL, Sandro Ricardo Moda, o sistema já está preparado para fazer essa declaração e na região norte a aceitação dos empresários do setor foi boa.

 

Ele explica que a ACIL, a exemplo de outras cidades do Paraná, criou este serviço para intermediar a comunicação entre imobiliária e locatário e, assim, facilitar o processo de locação ou compra, já que em um só local será possível retirar a documentação exigida pelas imobiliárias. “O cidadão que procurar a associação vai ter conhecimento das possíveis restrições e, antes de procurar a imobiliária, ele vai saber se está apto ou não para alugar ou comprar um imóvel. Se houver alguma restrição, o indivíduo evita desgastes e constrangimento”, esclarece.

 

A declaração é feita na hora, com data e horário. Para emitir o documento é necessário apresentar o RG e o CPF (documentos originais). O custo é de R$19,90,

 

A coordenadora comercial da ACIL, Cláudia Motta Pechin, reforça que com esse documento o locatário vai à imobiliária já com o documento que consta as possibilidades de restrições de crédito do cidadão. “A certidão vai trazer benefícios para os dois lados porque vai simplificar o processo, otimizar tempo, enfim, é menos dor de cabeça para ambas as partes”, afirma a coordenadora comercial.

 

Algumas pessoas já haviam procurado a entidade para tirar a declaração, foi aí que surgiu a ideia de lançar esse produto para facilitar o processo de locação e compra. Outra vantagem é que se o indivíduo trouxer os documentos originais do fiador, ele também poderá efetuar a consulta.

 

De acordo com Cláudia, o projeto piloto na Regional Norte está surtindo efeito e várias imobiliárias já procuraram a ACIL. “As empresas do setor estão encaminhando os clientes para a associação. Antes, as imobiliárias precisavam ter o contrato para fazer essa consulta, hoje, ela direciona o locatário para cá e tudo se resolve.”

 

A partir de abril também será criado um núcleo do setor imobiliário para atender as necessidades dos imobiliaristas que poderão trocar experiências. Para Rosalmir Moreira que é vice-presidente do Conselho Regional de Corretores de Imóveis (Creci) e imobiliarista, o setor realmente precisava de uma ‘força’ e isso será possível através da criação do Núcleo Imobiliário que aproximará as empresas do segmento.

 

Sobre o Facil Imobiliário, Moreira lembra que esse tipo de serviço já funciona bem em outras cidades do Paraná. “A parceria entre a ACIL e o Creci vai trazer facilidades para o locatário e segurança para o locador. O interessante é que o locatário ainda vai poder investigar a situação de crédito do fiador.”

 

O vice-presidente do Creci acrescenta que, muitas vezes, aquele que quer comprar ou alugar um imóvel tem dúvidas em relação a quem procurar e aos procedimentos que devem ser seguidos, então, esse produto vai ser um aliado dos londrinenses que querem realizar o sonho da casa própria.

 

Serviço: Mais informações sobre o Facil Imobiliário - 3374-3000.

*Documentos necessários para emitir a declaração: RG e CPF originais.