09/09/2014 00:00:00 Londrina tem seis entre as mil maiores empresas do Brasil

Fonte: JL

As empresas londrinenses Belagrícola, Cooperativa Integrada, Milenia Agrociências, Grupo Plaenge, Cacique e Confepar estão entre as mil maiores empresas do País. O ranking Valor 1000 – divulgado pelo jornal Valor Econômico na semana passada – é elaborado com base no balanço consolidado das empresas classificadas, através do lucro líquido de 2013. A pesquisa foi realizada pela Serasa Experian em parceria com a Fundação Getúlio Vargas. Em todo o Paraná, foram ranqueadas 78 empresas, sendo 14 do setor de agronegócio. 
Pelo valor líquido do balanço, a Belagrícola está na 225ª colocação, seguida pela Integrada (279º lugar), Milenia (411º), Plaenge (494º lugar), Cacique (550º lugar) e Confepar (792º lugar). Com base na análise de patrimônio líquido, a primeira colocada é a Plaenge (R$ 542 milhões), seguida da Milenia (R$ 422 milhões), Cooperativa Integrada (R$ 351 milhões), Cacique (R$ 265 milhões), Belagrícola (R$ 252 milhões) e Confepar (R$ 93 milhões). 
Os números expressos pelo anuário Valor 1000 apontam bons resultados econômicos do Sul do País em 2013. A economia da região mostrou-se mais aquecida que a média, conforme demonstram os índices. Enquanto o PIB nacional aumentou 2,5%, o índice do Sul cresceu 4,7%, graças, principalmente, ao bom desempenho do agronegócio. Conforme o anuário, a rentabilidade do patrimônio das empresas subiu de 9,7% em 2012 para 10,3% em 2013, garantindo ao Sul o melhor desempenho entre todas as regiões. Mas para o vice-presidente da Belagrícola, Flávio Barbosa Andreo, a boa colocação da empresa é um dos indicadores do bom trabalho que vem sendo desenvolvido. “Crescemos bastante, ampliamos nossa base de clientes e esse resultado é a consequência desse trabalho”, resume. 
Para o diretor do grupo Plaenge, Alexandre Fabian, é um orgulho estar entre as 500 maiores, já que a Plaenge é uma empresa genuinamente londrinense, nascida aqui e administrada por londrinenses. “Estamos entre os maiores do segmento imobiliário do País, a maior do Sul." Segundo ele, esse resultado está diretamente relacionado às quatro décadas de trabalho focado no consumidor e em uma relação transparente com ele e seus funcionários. Também está diretamente ligado à dedicação em entregar os melhores produtos do mercado.”